Muito queridos! Personagens do futebol que têm o carinho de rivais


Muitas vezes o futebol, por conta da sua paixão, rivalidade e disputa, não permite que um mesmo jogador seja reconhecido por torcidas de clubes rivais, sendo recebido com carinho por ambos os times.

O LANCE! mostra alguns jogadores que romperam essas barreiras e são queridos por adversários, seja por títulos conquistados, por declarações, ou até mesmo por uma passagem marcante em ambas as equipes.

Renato Gaúcho

Renato Gaucho Fla x Flu
Renato Gaucho Fla x Flu

Renato Gaúcho marcou época no Fla e no Flu (Foto:Reprodução)

Renato Gaúcho chegou ao Flamengo em 1987, vindo do Grêmio. No Rubro-Negro, conquistou a Copa União de 87, a Taça Guanabara de 88 e a Copa do Brasil em 90. Depois de passagens por diversos clubes do país, Renato foi contratado pelo Fluminense em 1995. No Flu, ficou marcado pelo gol de barriga feito justamente em cima do Flamengo, na final do Carioca daquele ano.

Como treinador no clube das Laranjeiras, venceu a Copa do Brasil de 2007. Já foi cotado muitas vezes para treinar o Flamengo. Inclusive, Renato já disse em entrevistas que sonha em dirigir o Rubro-Negro em algum momento.

Vanderlei Luxemburgo

Vanderlei Luxemburgo
Vanderlei Luxemburgo

Luxa é reconhecido em diversos rivais (Foto: AFP PHOTO)

Vanderlei Luxemburgo é querido por vários clubes rivais. Atual treinador do Vasco, viralizou na internet esta semana, uma preleção que Luxa fez antes da partida contra o Palmeiras, no último sábado. Ele levantou a moral da equipe, que saiu da zona de rebaixamento e vem se recuperando no Brasileirão. Está caminhando para ser um dos técnicos reconhecidos no clube.

Luxa também é lembrado com carinho no Flamengo. No Rubro-Negro, ele venceu sete títulos como treinador, entre eles o Carioca de 2011 e a Copa Rio de 91. Luxemburgo também foi jogador do clube na década de 70, conquistando quatro Campeonatos Cariocas. Ele também é sócio do Mengão.

Já em São Paulo, Luxa tem o carinho de três rivais: Palmeiras, Corinthians e Santos. No Verdão, treinou a ótima equipe da Era Parmalat. Foi tetra campeão paulista e bi brasileiro. No Timão, ganhou o Brasileiro de 2001 e o Rio- São Paulo de 1998. Por fim, no Peixe, foi bicampeão paulista e campeão brasileiro em 2004, com Diego e Robinho.

Donizete Pantera

Donizete Pantera - Botafogo e Vasco
Donizete Pantera - Botafogo e Vasco

Donizete Pantera jogou bem no Bota e no Vasco (Foto:Reprodução)

O atacante Donizete Pantera é ídolo do Botafogo e do Vasco. No Glorioso, foi campeão carioca em 90 e um dos principais jogadores da equipe na conquista do Brasileiro de 95. Chegou ao Vasco em 98 e conquistou diversos títulos importantes, entre eles a Libertadores e o Carioca de 98 e o Rio-São Paulo de 99, sendo peça importante nas conquistas.

Serginho Chulapa

Chulapa
Chulapa

Chulapa é ídolo no Santos e no São Paulo (Foto:Reprodução)

O atacante Serginho Chulapa é reconhecido até hoje, tanto entre torcedores do São Paulo, quanto do Santos. No Tricolor, atuou na década de 70, e é simplesmente o maior artilheiro da história do clube, com 242 gols. Nesse período, conquistou o Campeonato Paulista de 75, 80 e 81 e o Campeonato Brasileiro de 77.

No Peixe, conquistou a artilharia do Campeonato Brasileiro e a artilharia e o gol do título no Campeonato Paulista de 84 contra o seu maior rival, o Corinthians. Ao todo, incluindo outras passagens (1983–1984, 1986, 1988 e 1989–1990), marcou 104 gols com a camisa do Santos. É membro da comissão técnica do clube santista.

Gérson

Gérson - Botafogo
Gérson - Botafogo

Gérson fez história em três grandes cariocas (Foto:Reprodução)

O 'canhotinha de ouro' Gérson, marcou época com as camisas de Botafogo, Flamengo e Fluminense. No Fla, atuou entre 59 e 63, vencendo o Rio-São Paulo de 61 e o Carioca de 63. Já no Glorioso, foi bicampeão carioca em 67 e 68, além de conquistar o Brasileiro de 68. No Flu, ganhou o estadual de 73, já no fim da carreira de jogador.

Romário

Romário Flamengo e Vasco
Romário Flamengo e Vasco

Romário jogou bem no Vasco e no Flamengo (Foto:Reprodução)

O baixinho Romário marcou época tanto no Vasco, quanto no Flamengo e é querido por ambas as torcidas. O primeiro clube em que ele se destacou foi o cruzmaltino. Lá, ele foi bicampeão carioca de 87 e 88, o Brasileirão de 2000 e a Copa Mercosul, também em 2000. Marcou o seu milésimo gol com a camisa do clube carioca.

Já no Fla, Romário chegou em 95, ganhando os Cariocas de 96 e 99 e a Copa Mercosul de 99. Marcou 81 gols com a camisa Rubro-Negra.

Luizão

Luizão em ação por Palmeiras e São Paulo
Luizão em ação por Palmeiras e São Paulo

Luizão foi bem no futebol paulista (Foto:Arquivo)

Luizão é lembrado com carinho no Palmeiras e no São Paulo. pelo Verdão, venceu o Paulista de 96, marcando 51 gols em 92 partidas pelo clube, sendo um dos principais jogadores do clube na década de 90.

Já no Tricolor, chegou em 2005 e foi campeão paulista e da Libertadores da América. Também marcou época no Corinthians, ganhando o Mundial e o Brasileiro de 2000.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos