Mudança de discurso e retomada de postura: o que esperar do Grêmio para o próximo Gre-Nal?

Fabio Utz
·2 minuto de leitura

Que o Grêmio não perde Gre-Nal desde 2018 todo mundo já sabe. Que o Grêmio é o único time do Rio Grande do Sul que conquistou título nas últimas quatro temporadas, também não é novidade. No entanto, o clássico do próximo domingo, no Beira-Rio, ganhou uma peculiaridade bem diferente em relação ao contexto mais recente do futebol gaúcho.

A liderança do Internacional no Campeonato Brasileiro e a possibilidade de até encaminhar uma conquista de título com vitória em cima dos azuis é algo que não pode ser deixado de lado na hora de se analisar o duelo. E isso tende a influenciar, também, a postura tricolor. O Grêmio, nos últimos tempos, se acostumou a "minimizar" a importância de determinados embates, tratando-os, apenas, como "mais um compromisso". Além disso, tenta, de alguma forma, esconder seus problemas (que são graves) atrás de uma invencibilidade que, por enquanto, não o leva a lugar algum.

Alexandre Schneider/Getty Images
Alexandre Schneider/Getty Images

Este discurso é a primeira coisa que precisa ser abandonada. Do contrário, mais uma vez se verá em campo um time indolente, sem força e até vontade de preocupar o adversário e, aí sim, tirar proveito das estatísticas que lhe favorecem. O Grêmio, antes de mais nada, deve ir ao gramado focado não no "pontinho fora de casa" (algo, erroneamente, valorizado pelos lados da Arena), mas em se colocar como alguém que quer, sim, ainda incomodar neste Brasileirão.

Obviamente, dificilmente se verá uma equipe aberta, propondo o jogo a todo momento. Não é isso que se prega, até pelo fato de se saber que o Inter gosta de ser atacado. Se projeta, somente, um Tricolor com a velha cara para um Gre-Nal que, sim, é diferente de todos os demais disputados nos últimos anos. E, para que isso aconteça, é fundamental que o jogo de Pepê e Jean Pyerre apareça.

Para mais notícias do Grêmio, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.