Mozart Santos analisa revés do CSA diante do América-MG

·1 min de leitura
Com gols de Éder, Matheusinho e Pedrinho, América-MG venceu o primeiro jogo por 3 a 0 - (Mourão Panda/América-MG)


O CSA esperava um jogo equilibrado diante do América-MG pela Copa do Brasil, mas acabou surpreendido em casa com o placar de 3 a 0 para o Coelho.

- VEJA A TABELA DA SÉRIE B

Na coletiva de imprensa, o técnico Mozart foi claro ao analisar as críticas das arquibancadas e a instabilidade do time após levar o primeiro gol.

'O resultado de hoje foi atípico, a minha equipe não toma muitos gols e acabou que tomamos três em casa. E a insatisfação do torcedor, eu acho natural’, afirmou, antes de completar:

‘Nós fizemos um primeiro tempo muito bom, equilibrado, criamos as nossas oportunidades, quase não concedemos nada pra eles... E aí o jogo mudou depois do primeiro gol. Nós sabíamos que eles eram fortes na bola parada e aí acabamos desestabilizando. Enfim, eu lamento pelo primeiro tempo que nós fizemos e nos 10, 15 minutos do segundo tempo’.

Com o placar, Mozart Santos e CSA precisam vencer por quatro gols de diferença no Independência para classificar. Se vencer por três gols, a classificação será definida nos pênaltis.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos