Mousasi dispara contra 'arrogante' Weidman e critica Bisping: 'É fraco'

Escalado para enfrentar Chris Weidman na co-luta principal do UFC 210, que acontece no dia 8 de abril, em Bufallo, Nova York (EUA), Gegard Mousasi está empolgado com a chance de se aproximar de uma chance pelo título dos médios. O armênio-holandês disparou contra o rival e o atual campeão da categoria até 84kg.

Em entrevista ao The MMA Heat, Mousasi falou sobre Weidman, o classificou como "arrogante" e prometeu "apagar" o ex-campeão dos médios do UFC.

- Ele (Weidman) é um lutador sólido, é bom em tudo, mas não é ótimo. Ele não é tão explosivo, não é tão rápido. Vou apagá-lo, prometo. Sei que ele é um cara confiante, ele é arrogante algumas vezes. Acho que ele me subestima - declarou o veterano.

Com três vitórias consecutivas, Mousasi não se incomoda com a demora para a chance pelo título. Sobre o atual campeão da divisão, Mousasi afirmou que Bisping é o lutador "mais fraco" entre os quatro melhores atletas da categoria, e por isso não tem pressa.

- Quem se importa com o cinturão? Posso enfrentar os melhores caras que não tem o cinturão. E depois posso enfrentar Michael Bisping, que acho que é o cara mais fraco, pelo cinturão. Do top 4 da divisão, ele é o mais fraco - concluiu.







E MAIS: