Mourinho ironiza gritos de Judas da torcida do Chelsea e diz: "Sou o número um"

Treinador do Manchester United recebeu uma fria recepção da torcida dos Blues no seu retorno a Stamford Bridge e foi defendido por Ray Wilkins

José Mourinho foi bastante criticado pela torcida do Chelsea por estar à frente do Manchester United no jogo desta segunda-feira (13), no Stamford Bridge, pelas quartas de final da FA Cup.

Embora seja chamado de 'Judas' pelos torcedores do time de Londres, o treinador português se lembrou das conquistas obtidas no período em que o defendeu os Blues. Ele tem três títulos da Premier League, conquistados em 2004/05, 2005/06 e 2014/15. O lusitano ainda faturou a FA Cup em 2006/07, a Capital One (três edições) e a Supercopa da Inglaterra.

"Eles podem me chamar do que quiserem. Até o momento eles têm um técnico que venceu três edições da Premier League para eles. Sou o número um", afirmou.

"Quando eles tiverem alguém que venceu quatro Premier Leagues para eles, eu serei o número dois. Até o momento, o Judas é o número um", comentou.