Mourinho enfrenta dilema diante da perspectiva de uma nova ausência de Kane

·1 minuto de leitura
O atacante do Tottenham, Harry Kane, se machucou na partida da Premier League contra o Liverpool, em Londres, no dia 28 de janeiro de 2021

O técnico do Tottenham, José Mourinho, enfrenta um dilema para substituir Harry Kane, lesionado na quinta-feira contra o Liverpool e cuja ausência poderá ser longa.

"Para Harry deixar o campo no momento em que quer jogar e o time está perdendo, não pode ser uma lesão pequena", disse Mourinho nesta sexta-feira.

"É uma lesão. Por quanto tempo, eu não sei. Temos que esperar", disse ele.

O atacante dos 'Spurs' deixou a partida contra o Liverpool, válida pela 20ª rodada da Premier League, no intervalo, com uma lesão no tornozelo. O Tottenham acabou perdendo a partida por 3 a 1, caindo para a sexta colocação no campeonato, a 8 pontos do líder Manchester City.

O próximo jogo da equipe londrina será no domingo, contra o Brighton fora de casa.

Harry Kane, de 27 anos, é atualmente o segundo maior artilheiro da Premier League com 12 gols, empatado com seu companheiro de equipe Son Heung-min.

"Harry Kane é Harry Kane, você sabe. Existem jogadores em alguns times que são insubstituíveis", enfatizou.

"Não acho que Gareth (Bale) seja um artilheiro, não acho que ele goste de jogar como artilheiro", disse Mourinho.

O galês de 31 anos tem decepcionado desde seu retorno ao Tottenham vindo do Real Madrid, mas o treinador português avaliou que ele está se sentindo "cada vez melhor".

pi-jw/jld/dep/dr/aam