Mourinho detona gramado que o United jogará na Liga Europa

O técnico José Mourinho não está contente com o local que será realizado o confronto de ida do Manchester Unided contra o Rostov, da Rússia, válido pela fase que antecede as oitavas de final da Liga Europa. Segundo o treinador português, o campo ruim do time adversário anda o preocupando, principalmente pela possibilidade de lesão de importantes peças da equipe.

“Ainda é difícil para mim acreditar que iremos jogar amanhã. Sei que temos que jogar, mas é difícil acreditar que iremos jogar naquele campo – se é que podemos chamar aquilo de campo. Também não sei qual time vai jogar, de verdade. Não sei se Mkhitaryan vai jogar”, disse Mourinho, que teme escalar o meio-campista que recentemente se recuperou de uma lesão no tornozelo.

Apesar de não estar feliz com o estado do gramado que irá receber seus jogadores, Mourinho preferiu não levar o problema à outras instâncias e ao que tudo indica deverá levar sua equipe a campo nesta quinta-feira. Questionado se o clube havia ido atrás de alguma solução, incluindo não atuar no Olimp-2 Stadium, o português foi ríspido.

“Eu não sei, realmente não sei. Estava analisando o oponente, sobre o qual ainda não conversamos”, disse Mourinho, que também revelou ter entrado em contato com um representante da Uefa. “Apenas tive um rápido contato com um membro da Uefa quando estava observando o campo, falei a ele sobre minha preocupação. O sujeito me disse que os jogadores estão seguros, que se acontecer algo, não tem problema”, finalizou.

O Manchester United visita o Rostov nesta quinta-feira, às 15h (de Brasília), no Olimp-2 Stadium, que fica localizado no sul da Rússia.