Mourinho deixou CR7 à beira das lágrimas no Real: relembre a turbulenta relação

Goal.com

Cristiano Ronaldo é um dos melhores jogadores de todos os tempos, José Mourinho está na história como um dos maiores treinadores do futebol moderno. Ambos portugueses, eles estiveram juntos no Real Madrid, mas a relação foi turbulenta e a exigência do comandante quase levou o atacante às lágrimas dentro do vestiário.

O mais novo relato que adiciona um ponto nesta relação entre Mourinho e CR7 foi dado por Luka Modric, meio-campista do Real Madrid, em sua autobiografia: “Me surpreendeu a reação de Mourinho. Estávamos ganhando por 2 a 0 na Copa do Rei. Cristiano Ronaldo não perseguiu os rivais no tiro de meta, e José ficou furioso. Os dois discutiram durante muito tempo em campo. Quando voltamos para o vestiário no intervalo, vi Ronaldo desesperado, à beira das lágrimas”, escreveu o croata.

“Ele disse: 'Faço o melhor que posso, e ele continua me criticando.' Mourinho entrou e começou a criticar o português por sua responsabilidade durante o jogo. Eles se esquentaram tanto que apenas uma intervenção dos companheiros evitou uma verdadeira briga entre nós”, completou o meio-campista de 34 anos.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Entre tapas e beijos no Real Madrid

Cristiano Ronaldo Jose Mourinho
Cristiano Ronaldo Jose Mourinho
(Foto: Getty Images)

Cristiano Ronaldo chegou ao Santiago Bernabéu na temporada 2009-10 e Mourinho foi contratado na campanha seguinte. Juntos, os portugueses conquistaram três títulos: La Liga (2011-12), Copa do Rei (2010-11) e Supercopa da Espanha (2012).

Objetivo principal, contudo, a Champions League não foi alcançada. A ausência do troféu europeu, aliado ao sucesso do Barcelona nos clássicos contra os Blancos, além do desgaste entre Mourinho e os jogadores, acabou decretando a saída do treinador em 2013.

Mourinho teve problemas com Iker Casillas, goleiro e ídolo do clube, mas também não deu vida fácil ao seu conterrâneo: CR7 era um dos jogadores mais cobrados pelo treinador em sua busca insaciável para atingir a glória máxima da Europa. A postura que tinha com Cristiano causou tamanho problema que até Jorge Mendes, empresário que cuida das carreiras de ambos, chegou a se envolver. Mas foi em vão.

Cristiano Ronaldo Jose Mourinho
Cristiano Ronaldo Jose Mourinho
(Foto: Getty Images)

“Fica quieto e corre!", o técnico disse para Ronaldo durante a uma vitória por 4 a 3 sobre a Real Sociedad, em que CR7 marcou gol e dedicou o tento a Mourinho, que ainda acrescentou no vestiário: "Você precisa ser mais solidário com os seus companheiros".

Elogio a CR7 e “provocação” sobre o melhor Ronaldo

ronaldo nazario - barcelona - 1997
ronaldo nazario - barcelona - 1997
O melhor Ronaldo? Para Mourinho, é o Fenômeno (Foto: Getty Images)

Apesar da tensão, Cristiano Ronaldo marcou a maioria de seus gols justamente sob o comando de José Mourinho (168, segundo a Opta Sports, na comparação com 112 anotados tanto com Ancelotti quanto com Zidane).

Anos depois do divórcio, o treinador português elogiou CR7 e disse que o atacante havia sido o atleta mais profissional com quem já havia trabalhado. Mas pergunte quem foi o melhor jogador que o “Special One” já viu e tenha a certeza de que a resposta, ainda que seja Ronaldo, não seja Cristiano.

“Para mim, o Ronaldo, o brasileiro, é o melhor”, afirmou em entrevista para a Live Score.

Entre elogios e críticas mútuas, a relação entre Cristiano e Mourinho se revela uma verdadeira guerra fria. Talvez seja algo óbvio quando levamos em conta as personalidades perfeccionistas e narcisistas de ambos.

Leia também