MotoGP trabalha para realizar testes de Sepang sem quarentena

Oriol Puigdemont
·3 minuto de leitura

Restrições de viagens permanecem em vigor em todo o mundo em 2021 devido à pandemia de Covid-19, com os países estreitando suas fronteiras na esteira da propagação de uma nova variante do coronavírus.

Atualmente, todos os viajantes com destino a Malásia devem obedecer um período mínimo de quarentena de sete dias, caso um resultado negativo do teste PCR seja fornecido antes de ser divulgado ao público.

No quadro atual, as regras do governo da Malásia para a Covid representam um problema para o paddock da MotoGP, que terá seu primeiro teste pré-temporada de 2021 em Sepang de 19 a 21 de fevereiro.

Leia também:

Dono de equipe da MotoGP é hospitalizado com Covid-19 Após crítica de Dovi, Lorenzo detona ex-companheiro e insinua inveja por questões salariais Dorna não abrirá exceções para terceira moto da Honda caso Márquez volte; entenda

No entanto, o Motorsport.com entende que os promotores da MotoGP, Dorna Sports, a International Race Teams 'Association e o ex-CEO do circuito de Sepang e chefe da Petronas SRT, Razlan Razali, têm trabalhado durante meses com o governo da Malásia para formular um plano que permitiria ao paddock contornar o período de quarentena.

Pensa-se que o sistema de bolhas que a MotoGP implementou ao longo da temporada 2020 para conter a propagação do vírus no paddock será utilizado na Malásia.

Além disso, o número de equipes será reduzido ainda mais, já tendo sido reduzido em 2020 como parte de várias estratégias de prevenção à Covid implementadas pela MotoGP.

Enquanto um plano de contingência para realizar os testes de pré-temporada em Jerez esteve sempre em cima da mesa, parece que os esforços da MotoGP estão tornando o teste da Malásia mais viável com o passar dos dias.

Se tudo correr bem, a MotoGP irá da Malásia ao Catar para o segundo teste pré-temporada de três dias, a 10 a 12 de março, com a primeira etapa de 2021 - marcada para 28 de março - a ser disputada no circuito de Losail.

O calendário provisório da MotoGP para 2021 tem 20 corridas (embora o GP da República Tcheca em agosto) ainda não tenha sido formalmente substituído.

No entanto, é provável que algumas corridas sejam adiadas ou canceladas enquanto a batalha mundial contra a Covid-19 continua nos primeiros meses de 2021.

A Dorna listou três circuitos como reservas caso seja necessário, com o circuito português do Algarve, Igora Drive na Rússia e o circuito de rua de Mandalika (que ainda não foi homologado) na Indonésia atuando como back-ups.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Lucas di Grassi EXPLICA por que Hamilton é tão GENIAL e vê britânico como o melhor da F1 moderna

Your browser does not support the audio element.