Motivado em novo desafio, Hudson afirma: 'Estava precisando disso'

Joel Silva
LANCE!
Hudson tem status de titular neste início de temporada no Tricolor (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)
Hudson tem status de titular neste início de temporada no Tricolor (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)


Anunciado oficialmente na última sexta-feira como reforço do Fluminense, Hudson ainda não foi apresentado, mas já concedeu as suas primeiras declarações como jogador do Tricolor. Em entrevista para a FluTV, o jogador afirmou que já está se sentindo em casa no clube, principalmente pelo tratamento recebido desde que desembarcou no Rio de Janeiro.

- Desde o primeiro momento, fui muito bem recebido. Desde o aeroporto, até o CT, no hotel. Acho que a recepção, o tratamento e o atendimento foram o melhor possível, melhor até do que eu esperava. Só tenho a agradecer a toda a administração e direção do clube - disse.

A contratação de Hudson foi um pedido do técnico Odair Hellmann, que participou ativamente das negociações. O volante revelou que as conversas, não só com o treinador, mas também com a diretoria, o convenceram a aceitar o projeto de defender o Fluminense.

- O primeiro contato foi através do meu empresário e logo na sequência o professor Odair junto com o Angioni e até o presidente Mário Bittencourt entraram em contato também. Conversaram comigo e tivemos uma conversa franca e pelo jeito que foi fiquei muito feliz mesmo, com muita vontade de participar do projeto. São pessoas sérias, competentes que já estão fazendo um trabalho muito bom no Fluminense. Eu me senti na função de assumir esse desafio de ajudar o Fluminense e está sendo uma grande honra estar aqui hoje - comentou.

No Tricolor, Hudson reencontra Ganso e Nenê. O primeiro é amigo do volante desde os tempos de Santos, mas também jogaram juntos no São Paulo, assim como o mais experiente, com quem trabalhou nas últimas duas temporadas. O jogador afirmou que conversou com ambos antes de fechar com o Fluminense.

- O Ganso eu conheça tem mais de 10 anos. O Nenê jogamos juntos recentemente. São excepcionais atletas dentro de campo e como pessoas fora. Me ajudaram bastante, deram dicas e falaram muito bem do clube, deixando qualquer atleta muito à vontade. Então não tive dúvida nenhuma de acertar com o Fluminense e graças a Deus deu tudo certo. Agora é trabalhar muito para fazer as coisas acontecerem dentro de campo - afirmou.

Regularizado pelo clube, Hudson vai poder fazer a sua estreia com a camisa tricolor já no próximo domingo, quando o Fluminense inicia a temporada, contra a Cabofriense, pela primeira rodada do Campeonato Carioca.

BATE-BOLA COM HUDSON

O que a torcida tricolor pode esperar de Hudson dentro de campo?
- Vocês vão ter um cara que vai se dedicar muito, vai lutar muito, um cara aguerrido, muito responsável e que vai fazer todo o possível para fazer o melhor para o Fluminense. Sou um cara extremamente competitivo, não aceito derrotas. As derrotas me fazem muito mal, então as evito de qualquer maneira e para evitá-las, precisamos trabalhar muito. Como o futebol é um esporte coletivo, a gente tem que fazer com que o grupo inteiro vá para a mesma direção para que o Fluminense tenha uma temporada vitoriosa.

Chegou a conversar com o Fernando Diniz ou com o Calazans, que trabalharam no Fluminense?
- Eu não cheguei a ter contato com o Fernando ou o Calazans quando houve a negociação com o Fluminense, mas sei que o Fernando teve uma conversa com a comissão técnica e com a diretoria, dando boas indicações. Até o agradeço por isso. É um profissional muito sério. É um tremendo desafio e eu estava precisando disso e acredito que me encaixo muito bem no projeto do Fluminense.

O que o Fluminense representa?
- O Fluminense é uma equipe muito vitoriosa, com uma história gigantesca. Tem uma torcida que empurra muito o time, corre pelo time, é apaixonada e anseia por vitórias e por campeonatos. É para isso que o projeto e o planejamento foram feitos, para dar alegria ao nosso torcedor.

Qual é o recado que você deixa para os tricolores?
- Torcida tricolor, pode ter certeza que aqui chega um jogador muito responsável e muito compromissado, sabendo da responsabilidade de vestir essa camisa de tantas glórias. Vocês vão saber que eu vou honrar essa camisa.



























Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também