Motivação para uns, preocupação para outros: estrelas do Flamengo iniciam ano de Copa no radar de Tite

·3 min de leitura


Catar é logo ali. Nesta quinta-feira, às 11h, Tite faz a primeira convocação de 2022, ano de Copa do Mundo, e alguns dos principais nomes do Flamengo sonham em estar na lista final da Seleção Brasileira para o Mundial, que será realizado a partir de novembro. O conflito entre clube e CBF por conta dos desfalques em Datas Fifa já não é novidade. Contudo, a razão da preocupação de alguns, é motivação para nomes como Gabriel Barbosa e Everton Ribeiro.

A convocatória desta quinta será para os jogos contra o Equador, em 27 de janeiro em Quito, e Paraguai, em 1º de fevereiro em Belo Horizonte, pelas Eliminatórias Sul-Americanas. O Brasil já está garantido no Mundial, mas os duelos servirão como preparação e nenhum atleta quer perder a oportunidade.

Os nomes mais cotados para estarem na lista de Tite, nesta quinta, são os de Gabriel Barbosa e Everton Ribeiro. O atacante e o meia do Flamengo têm sido convocados regularmente pelo treinador desde 2021 e 2020, respectivamente.

A motivação dos dois atletas rubro-negros para ir à Copa do Mundo é grande. Gabigol, por exemplo, antecipou o fim das férias em uma semana e iniciou as atividades no Ninho do Urubu antes da apresentação marcada pelo Flamengo.

Rodrigo Caio e Bruno Henrique também já foram convocados como jogadores do Flamengo, mas estão mais distantes da lista hoje por motivos distintos. O zagueiro convive com uma série de problemas físicos e lesões desde o fim de 2019. Hoje, inclusive, Rodrigo Caio está afastado dos treinos, tratando de uma infecção no local dos pontos da cirurgia no joelho direito, feita em dezembro.

BH27, por sua vez, perdeu espaço por conta da forte concorrência no setor ofensivo. Raphinha, do Leeds United (ING), Antony, do Ajax (HOL), Vinicius Jr, do Real Madrid (ESP) são alguns dos nomes que estão na frente por essas vagas.

PAULO SOUSA E MARCOS BRAZ FALAM SOBRE CONVOCAÇÕES

A Seleção Brasileira e o impacto das convocações e possíveis desfalques ao longo da temporada foram assuntos para Paulo Sousa e Marcos Braz, vice-presidente de futebol, na apresentação do treinador na última segunda-feira.

O comandante, que viverá pela primeira vez a experiência de comandar um time que disputará jogos em datas coincidentes à partidas das seleções, não falou sobre as prováveis baixas, mas destacou o lado "especial" da temporada.

- Temporada é especial porque é mais curta e com mais jogos. Jogadores com objetivos próprios de Seleção e é aproveitar isso para o clube. Ganhando, como vamos, seus objetivos individuais tornam-se mais possíveis - disse Paulo Sousa.

- Quando for convocação oficial, o Flamengo nada pode fazer. Não vou ficar contando história. Se o jogador for convocado de maneira oficial, ele perde condição de jogo. Não pode entrar em campo. Se tiver convocação que não seja Data Fifa, aí veremos o que pode ser feito - comentou o VP de futebol.

Vale destacar que, além dos brasileiros, o Flamengo tem mais jogadores sul-americanos que são regularmente convocados: Giorgian De Arrascaeta e Maurício Isla, por Uruguai e Chile, respectivamente. Até novembro, 12 datas estão reservadas para jogos das Eliminatórias Sul-Americanas e amistosos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos