Mortos em acidente com equipe de futsal são identificados; técnico relata falha nos freios: 'Comecei a gritar'

·2 minuto de leitura

A diretoria do Umuarama Futsal identificou, ao "G1", os dois mortos no acidente desta quinta-feira com o ônibus da equipe como um dos motoristas do veículo, Osvaldo Silva, e o coordenador da categoria de base do clube, Paulo Vitor Gonzales. O capotamento ocorreu na BR-376, no interior do Paraná, e também deixou outras 20 pessoas feridas. 

O acidente ainda envolveu um carro e uma carreta, mas nenhum dos ocupantes dos dois veículos ficaram feridos. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), uma perícia será feita no local e no veículo para identificar a causa do acidente.

Leia também:

O treinador da equipe, Nei Victor, que estava no ônibus, afirmou que a equipe viajava para Jaraguá do Sul para uma partida da Taça Brasil. Segundo ele, o ônibus teria perdido o freio, o que gerou pânico na descida da serra.

- Estava acordado, viajo no primeiro banco após o motorista. O motorista entrou em desespero, tinham dois motoristas na frente, eles entraram em desespero porque começou a falta freio no ônibus, faltando ar, eles gritando. Começou a aumentar a velocidade, na descida da Serra, e fazendo ultrapassagem. Procurei me proteger, a gritar para os jogadores se protegerem também - contou Nei Victor ao 'Meio Dia Paraná'.

- Infelizmente, não teve como ele chegar na área de escape, faltaram 100 metros para a área de escape, para o ônibus poder parar. E aconteceu esse acidente terrível, vitimando duas pessoas e deixando todo mundo ferido.

- Depois do acidente, a gente conseguiu sair pelo buraco que ficou no ônibus. Eu me machuquei pouco, consegui sair, outros jogadores saíram, um ajudou o outro, fomos tirando todo mundo. Só o motorista que ficou preso nas ferragens e mais dois no fundo do ônibus. As vítimas fatais não conseguimos nem ver, ficou longe a separação do ônibus, uma parte da outra. Todo mundo parou para ajudar, muitas pessoas correram para ajudar e evitar que acontecesse algo ainda pior - concluiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos