Morte de Laíla: Clubes do Rio de Janeiro lamentam perda do diretor de carnaval

·1 minuto de leitura


O Rio de Janeiro perdeu um dos seus maiores nomes do carnaval. Luiz Fernando do Carmo, o Laíla, morreu nesta sexta-feira vítima da Covid-19. Aos 78 anos, o diretor carnavalesco estava internado no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital Israelita Albert Sabin, na Tijuca, Zona Norte do Rio. Nas redes sociais, os clubes do Rio de Janeiro se manifestaram sobre o falecimento da figura ímpar do carnaval do estado.
+ Confira a classificação atualizada do Campeonato Brasileiro!

Com passagens por escolas como Beija-Flor, Vila Isabel, Unidos da Tijuca e União da Ilha, Laíla sofreu uma parada cardíaca na manha desta sexta-feira. Torcedor do Vasco, o diretor de carnaval recebeu a segunda dose da vacina contra a Covid-19 há cerca de um mês.

Confira o manifesto dos clubes do Rio de Janeiro sobre a perda de Laíla

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos