Morre Vadim Khamuttskikh, dono de três medalhas olímpicas no vôlei

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Vadim Khamuttskikh
    Jogador de voleibol russo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Morreu na sexta-feira (31), aos 52 anos, o ex-jogador de vôlei russo Vadim Khamuttskikh. Pela seleção, ele foi campeão mundial em 1999 e conquistou três medalhas olímpicas: prata em Sydney-2000 e bronze em Atenas-2004 e Pequim-2008.

Khamuttskikh atuava havia seis temporadas como treinador do Belogorie Belgorod, time pelo qual havia conquistado duas Champions League da modalidade e sete títulos nacionais como levantador. De acordo com Gennady Shipulin, vice-presidente da Federação Russa de Vôlei, a causa da morte foi uma parada cardíaca sofrida pouco antes da virada do ano.

"Morreu o homenageado mestre do esporte, lendário jogador, treinador e excelente pessoa Vadim Anatolyevich Khamuttskikh. Esta é uma perda irreparável para todo o voleibol russo e mundial. Condolências à família e aos amigos", diz comunicado publicado no site oficial do clube e compartilhado pela seleção russa de vôlei.

O corpo de Khamuttskikh será velado no ginásio do Belogorie Belgorod e sepultado no dia 4 de janeiro.

"Era um cara maravilhoso. Todos nós o amávamos, toda a cidade e todo o país. Foi uma grande figura do voleibol, ótima pessoa e ótimo jogador. Sempre deu o seu melhor. Estamos muito, muito tristes. É uma perda enorme", declarou Gennady Shipulin à agência de notícias russa RIA Novosti.

Vadim Khamuttskikh defendeu as cores da seleção russa de vôlei em 237 partidas oficiais. Uma curiosidade que marcou a carreira do jogador foi a utilização do apelido "Borodá" ("Barba") em seus uniformes durante as disputas das competições nacionais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos