Morre o empresário esportivo Juan Figer, aos 87 anos

·1 min de leitura

Morreu, nesta sexta-feira, o empresário Juan Figer, aos 87 anos. O uruguaio atuou no futebol desde o fim da década de 60, e foi conhecido como um dos maiores agentes da história, responsável por grandes transferências. De acordo com o Grupo Figer, fundada por Juan, ele foi vítima de uma parada cardíaca neste dia 31.

- É com imenso pesar que fecharemos o ano de 2021 sem a presença do nosso mestre Juan Figer. Infelizmente, após lutar muito, ele não resistiu a uma parada cardíaca e faleceu hoje - escreveu o Grupo Figer em seu Instagram. 

A neta de Juan Figer, Stephanie Figer, que também atua no futebol, lamentou o falecimento do avô em suas redes sociais.

- É assim que eu sempre me lembrarei de você Vô… viajando, comendo num bom restaurante e falando de futebol! Que honra e privilégio o meu de ser sua neta e ter aprendido tantas coisas com você. Vou levar a diante tudo o que você me ensinou, ao lado do meu pai Marcel Figer e tio André Figer pra te deixar orgulhoso por onde estiver! Te amo com todo o meu coração. Muito obrigada por tudo - escreveu a empresária em seu Instagram.

Antes de se tornar agente da Fifa, Juan Figer intermediou diversas transferências de atletas sul-americanos. Entre as mais famosas estão a venda de Roberto Dinamite do Vasco para o Barcelona e a ida de Maradona do Barcelona para a Napoli. Figer também atuou em negócios envolvendo os atacantes Robinho e Hulk, além do volante da Seleção Brasileira Casemiro.

Veja abaixo a publicação original de Stephanie Figer.

>> Ouça o 'Segunda Bola', o podcast do Yahoo com Alexandre Praetzel e Jorge Nicola

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos