Morre Ivica Osim, último treinador da seleção iugoslava antes da guerra

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
-
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Ivica Osim, ex-jogador e último treinador da seleção de futebol da Iugoslávia antes da guerra civil na antiga república, morreu neste domingo aos 80 anos, informou a imprensa local.

Nascido em Sarajevo, Osim, que completaria 81 anos no dia 6 de maio, morreu na cidade de Graz, na Áustria, segundo o canal de televisão bósnio BHRT.

"Osim permanecerá na lembrança como o lendário 'Strauss de Grbavica' (nome do bairro onde cresceu), um jogador e um treinador de alto nível, mas também um grande homem e um patriota, com carisma e qualidades morais únicas", escreveu em uma carta de condolências Sefik Dzaferovic, presidente da Presidência da Bósnia e Herzegovina.

Neste domingo, as luzes do estádio Grbavica foram acesas para homenageá-lo. Elas ficaram ligadas por 81 minutos, em alusão à idade que completaria daqui a cinco dias.

Além disso, uma imagem gigante de Ivica Osim foi projetada no prédio da Prefeitura de Sarajevo.

Osim, que foi meio-campista, começou sua carreira como jogador em 1959 no Zeljeznicar Sarajevo, onde seguiu até 1968. Em 1970, foi jogar na França, onde defendeu Strasbourg (1970-1972 e 1976-1978), Sedan (1972-1975) e Valenciennes (1975-1976).

Disputou 16 jogos pela seleção da Iugoslávia entre 1964 e 1969, marcando oito gols.

Depois, iniciou sua carreira de treinador, que começou quando ainda era jogador do Zeljeznicar Sarajevo, antes de ser nomeado técnico da Iugoslávia (1986-1992), a qual levou para a Copa do Mundo de 1990.

A equipe foi eliminada nas quartas de final nos pênaltis pela Argentina de Diego Maradona.

Osim foi o último treinador da seleção iugoslava antes da guerra civil que dissolveu o país nos anos 1990.

Ele também treinou o Partizan de Belgrado (Sérvia), o Panathinaikos (Grécia), o Sturm Graz (Áustria) e o JEF United (Japão), antes de se aposentar por questões de saúde.

O atual técnico da Sérvia, Dragan Stojkovic, que jogou sob o comando de Osim na Copa do Mundo de 1990, o descreveu como "um estrategista do futebol" e destacou sua "grande intuição".

"Osim foi um dos nomes mais famosos do futebol da ex-Iugoslávia e, como tal, vamos nos lembrar dele", escreveu Stojkovic em um comunicado publicado no site da Federação Sérvia de Futebol.

bur-ljv/bvo/hpa/dr/cb

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos