Morre aos 45 anos o árbitro Rodrigo Castanheira, famoso por erro em um Vasco x Flamengo

·1 minuto de leitura

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) confirmou a morte do árbitro Rodrigo Castanheira, nesta segunda-feira, vítima de câncer. Ele ficou nacionalmente conhecido em 2014, durante um Vasco e Flamengo pelo Cariocão, em que não assinalou um gol de falta marcado por Douglas, favorável ao Cruz-Maltino.

Rodrigo era o assistente adicional responsável por avaliar o lance diretamente da linha de fundo. O Flamengo acabou vencendo o jogo por 2 a 1 e o árbitro recebeu ameaças pelo erro. Ele voltou compor equipes de arbitragem após receber apoio da Ferj e tratamento psicológico.

Leia também:

- A FERJ lamenta esta perda em seu quadro de arbitragem e se solidariza com parentes e familiares do árbitro - diz comunicado da federação.

Rodrigo também era professor de educação física do Estado do Rio. Ele fez parte da Comissão de Arbitragem de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Coaf-RJ) entre 2003 e 2017.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos