Moovit faz parceria com Lime para alugar patinetes; Rio de Janeiro é 1ª cidade

·2 minuto de leitura

Desde que a Uber e a Grow desistiram do negócio de aluguel de patinetes no ano passado, o Brasil ficou sem uma opção desse tipo. Até agora. O aplicativo israelense de linhas de ônibus Moovit anunciou nesta terça-feira (3) uma parceria com a Lime para localizar os patinetes da empresa em 117 cidades de 20 países. No Brasil, a primeira cidade contemplada é o Rio de Janeiro. Custará R$ 2,25 para começar a viagem, e depois R$ 0,75 por minuto.

O aplicativo também vai exibir rotas tanto apenas com os patinetes quanto as combinadas com o transporte público. Informará ainda a distância que você terá que andar para chegar até o local onde está estacionado o patinete. Fora do Brasil, a plataforma também mostrará veículos da Lime ainda não trazidos para o país, como scooters e bicicletas elétricas.

Como sempre, a ideia das plataformas de micromobilidade é incentivar trajetos sem carro para, dizem, reduzir as emissões de carbono. A Lime afirma ter identificado um crescimento de 45% do uso de patinetes nos horários de pico em julho, nos países onde atua.

App Moovit mostra onde estão patinetes da Lime (Imagem: Divulgação/Moovit)
App Moovit mostra onde estão patinetes da Lime (Imagem: Divulgação/Moovit)

"Na medida em que as restrições impostas pela pandemia diminuem, queremos que todos encontrem os veículos da Lime da maneira mais fácil possível, e será possível a integração com o transporte público via Moovit", diz Wayne Ting, CEO da Lime.

“Disponibilizar mais opções para que as pessoas cheguem facilmente aos seus destinos é um componente fundamental da mobilidade como Serviço (MaaS), especialmente em cidades muito congestionadas”, afirma Nir Erez, CEO e co-fundador do Moovit.

A integração funciona assim:

  • O usuário planeja sua rota pela Moovit, digitando o seu local de destino, ou usa a aba Estações para ver no mapa onde as patinetes mais próximas estão localizadas, representadas por ícones da Lime;

  • Ao clicar no ícone da Lime, o usuário será direcionado ao app da Lime para desbloquear a patinete;

  • Na apresentação de rotas sugeridas, o usuário terá os patinetes da Lime como opção tanto para uma viagem completa ou como parte de uma rota combinada com outros meios de transporte.

A novidade vem dias depois do lançamento da nova startup brasileira Davinci, que passará a vender patinetes elétricos para o grande público a partir de setembro, com preços a partir de R$ 5,5 mil.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos