"Estamos f... sem Messi e necessitamos um banho de humildade", diz Maradona

Buenos Aires, 24 abr (EFE).- Ao comentar a atual fase da seleção argentina, Diego Maradona afirmou nesta segunda-feira que a equipe precisa de uma mudança brusca e que terá muitas dificuldades para se classificar à Copa do Mundo de 2018 sem Lionel Messi, que cumpriu apenas uma das quatro partidas da suspensão imposta pela Fifa.

Em entrevista concedida à rádio "Rivadavia", o ex-jogador disse acreditar que a seleção nacional precisará disputar a repescagem contra uma equipe da Oceania para garantir uma vaga no torneio mundial.

"Estamos f... sem (Lionel) Messi, mas o jogador argentino sempre tem um adicional e confio nisso", disse Maradona sobre a sanção recebida pelo jogador por ter insultado o assistente brasileiro Dewson Silva na vitória por 1 a 0 sobre o Chile em março.

Em 1993, Maradona protagonizou como jogador uma disputa de repescagem com a seleção argentina, quando disputou contra a Austrália o acesso para a Copa do Mundo de 1994, nos Estados Unidos.

Questionado sobre a atual situação da Associação do Futebol Argentino (AFA), Maradona opinou que "é preciso jogar uma granada e começar tudo de novo", para "fazer os corruptos correrem".

"Necessitamos um banho de humildade e transparência para voltarmos a ser uma potência mundial", comentou. EFE