Em momentos distintos, Vasco e Botafogo se enfrentam pela Taça Rio

Vasco e Botafogo fazem o primeiro clássico da Taça Rio neste domingo, no estádio Nilton Santos, às 18h30 (de Brasília), pela segunda rodada da competição. Enquanto os cruzmaltinos vivem momento conturbado e vão a campo pela primeira vez  depois da demissão do técnico Cristóvão Borges, os alvinegros querem manter o bom momento da Libertadores.

No Vasco, o auxiliar Valdir Bigode será o técnico interino no clássico, após a confirmação da demissão do antigo comandante, que não resistiu à eliminação na Copa do Brasil, no meio de semana, para o Vitória.

Sem muito tempo para trabalhar, já que realizou apenas um treino em campo com os jogadores, Valdir não deve realizar mudanças na equipe que vinha atuando sob o comando de Cristóvão. A única dúvida está na zaga. Rodrigo saiu da partida contra o Vitória com um problema físico e dificilmente terá condições de jogo.

Assim, Jomar, que foi seu substituto em Salvador, deverá formar dupla de zaga com Rafael Marques. No restante, os cruzmaltinos vão manter o esquema da última partida.

Já pelo lado do Botafogo, o momento é de confiança, principalmente depois da vitória no meio de semana sobre o Estudiantes-ARG, pela Libertadores. Os alvinegros querem aproveitar o período sem jogos da competição sul-americana para se dedicarem ao Estadual.

“Nosso momento é muito bom, com resultados positivos. Temos um clássico muito importante. Temos que levar essa confiança da Libertadores para dentro de campo no Carioca. Nós precisamos vencer o clássico, precisamos fazer excelentes jogos”, disse o zagueiro Emerson Santos.

O defensor minimizou a fase do Vasco. Para o defensor, o adversário vai tentar se recuperar da eliminação na Copa do Brasil com uma vitória no clássico. “Sabemos que eles têm uma equipe experiente, com jogadores que sabem assimilar este momento. Querem sair rápido desta situação e nada como um clássico para reverter isso”, pontuou.

Sobre a escalação, o técnico Jair Ventura tem somente uma dúvida. Já sem contar com o lateral direito Jonas, o comandante alvinegro também não deverá ter seu substituto, o zagueiro Marcelo. O jogador sentiu problemas físicos durante a semana e pode ser poupado. Caso seja vetado, Marcinho é o favorito para assumir o posto.

FICHA TÉCNICA

VASCO X BOTAFOGO

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 19 de março de 2017, domingo

Horário: 18h30 (de Brasília)

Árbitro: Grazianni Maciel Rocha

Assistentes: Diogo Carvalho Silva e Carlos de Lima Filho

VASCO: Martín Silva, Gilberto, Rodrigo (Jomar), Rafael Marques e Henrique; Jean, Douglas, Guilherme e Escudero; Nenê e Luís Fabiano

Técnico: Valdir Bigode (interino)

BOTAFOGO: Gatito, Marcinho (Marcelo), Carli, Emerson Silva, Victor Luis; Airton, Bruno Silva, Camilo, Montillo; Pimpão e Roger

Técnico: Jair Ventura