Modric desvaloriza prêmio de melhor do mundo e analisa derrota croata

Modric - Croácia (Foto: Francisco Leong/ AFP)

Modric desvaloriza prêmio de melhor do mundo e analisa derrota croata

Modric - Croácia (Foto: Francisco Leong/ AFP)


Luka Modric foi eleito o melhor jogador da última Copa do Mundo, em que conduziu a Croácia a maior campanha de sua história. Venceu também o título de melhor jogador da Europa, pela Uefa e acaba de ser indicado ao prêmio de melhor jogador do mundo pela Fifa. Nesta terça-feira, porém, participou da maior derrota da história da seleção croata: um acachapante 6 a 0 contra a Espanha. O jogador, depois da partida, falou sobre a dificuldade do confronto e ressaltou que ser eleito melhor do mundo não é o mais importante.

- Para mim, o mais importante é o coletivo, vencer prêmios não é o que mais me motiva. Se eu não vencer, não vai acontecer nada - disse o jogador do Real Madrid

Saúl, Asensio, Kalinic (contra), Rodrigo, Sérgio Ramos e Isco marcaram os gols da maior derrota da história da Croácia. A Espanha, em franca evolução sob o comando de Luis Enrique, não teve piedade da vice-campeã do mundo. De acordo com Modric, os dois primeiros gols desmontaram a equipe croata e foram decisivos.

- Foi um jogo muito duro. Nós começamos os primeiros 20 minutos muito bem, tivemos duas ou três chances claras de gol. Nós não marcamos, e quando sofremos o primeiro e, especialmente, o segundo, desmoronamos - analisou Modric






Leia também