Mobilização antirracista reúne 2 mil pessoas em Brasília contra Bolsonaro

Yahoo Notícias
Ato organizado por torcedores e coletivos organizados segue de forma pacífica até o Congresso.(Foto: Matheus Alves / Alma Preta)
Ato organizado por torcedores e coletivos organizados segue de forma pacífica até o Congresso.(Foto: Matheus Alves / Alma Preta)

Texto: Matheus Alves I Edição: Juca Guimarães I Imagem: Matheus Alves

Em Brasília, cerca de duas mil pessoas participam do protesto antirracista e pela democracia organizado pelas torcidas de futebol e movimentos sociais, com críticas ao governo do presidente Jair Bolsonaro. Durante a caminhada, os manifestantes acendem sinalizadores e carregam faixas de combate ao racismo.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

“Não podemos ficar calados enquanto o governo ataca os nossos direitos e ataca a democracia”, disse um dos representantes do movimento Somos Democracia, da torcida do Corinthians.

O ato também critica a falta de ação do governo brasileiro diante da pandemia do Covid-19, o novo coronavírus, que conta com mais de 1 milhão de contaminados e 50 mil mortes em todo o país. “Estamos aqui pela vida e não vamos parar. Não daremos nenhum passo para trás porque somos democracia”, disse Emerson Vitalino, conhecido como Emerson Osasco, diretor da torcida Gaviões da Fiel.

A passeata começou por volta das 10h40 próximo da rodoviária do plano piloto. Foi levada uma grande ilustração mostrando a imagem do presidente, ao lado da cruz nazista, em referência às declarações do presidente incentivando que apoiadores invadissem hospitais para ver se os leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) estavam ocupados. O governo articulou para censurar a charge e houve uma reação de indignação nas redes sociais.

Durante o ato, militantes bolsonaristas passaram pela concentração em Brasília.(Foto: Matheus Alves / Alma Preta)
Durante o ato, militantes bolsonaristas passaram pela concentração em Brasília.(Foto: Matheus Alves / Alma Preta)

Leia também