MLS sonha com a vinda de Messi para jogar nos Estados Unidos

Guillermo BARROS
·2 minuto de leitura

Um dia depois de Lionel Messi manifestar seu desejo de jogar nos Estados Unidos no futuro, a Liga Norte-Americana de Futebol (MLS) respondeu ao craque argentino que sempre terá as portas abertas na competição.

"Você sempre será bem-vindo aqui, Leo", disse a MLS em uma mensagem em sua conta no Twitter, acompanhada por uma das declarações de Messi sobre a liga.

Messi, que em agosto expressou sua vontade de deixar o Barcelona, mas depois recuou e concordou em continuar nesta temporada, disse em uma entrevista na televisão no domingo que ainda não tomou uma decisão sobre seu futuro imediato.

"Não sei o que pode acontecer. Agora estou focado nesses seis meses", disse o argentino, cujo contrato com o Barcelona termina em 30 de junho de 2021, à rede espanhola La Sexta, e permite que negocie com outros clubes a partir de 1º de janeiro.

Aos 33 anos, o seis vezes vencedor da Bola de Ouro não comentou o possível interesse de grandes clubes europeus como o Paris Saint-Germain ou o Manchester City em contratá-lo.

No entanto, perguntado se pretende deixar o Barcelona, Messi mostrou sua vontade de jogar ou morar nos Estados Unidos em um futuro ainda indeterminado.

"Sempre tive o desejo de poder desfrutar e viver a experiência de morar nos Estados Unidos, de viver o que é essa liga, o que é a vida lá. Gostaria, depois. Se isso acontecer ou não, não sei", disse 'La Pulga'.

- Inter Miami e New York City de olho -

As declarações de Messi reacenderam as especulações sobre as equipes que poderiam atrair o argentino.

Entre os times sempre citados está o Inter Miami, cujo co-proprietário é o ex-jogador inglês David Beckham, que já demonstrou sua habilidade em contratar grandes nomes do futebol mundial como o argentino Gonzalo Higuaín e o francês Blaise Matuidi, que desembarcaram nos últimos meses vindos da Juventus.

Beckham, que foi astro nos Estados Unidos por seis temporadas com o LA Galaxy, e outros proprietários do Inter insistiram que lutam para atrair grandes estrelas do futebol mundial para Miami e lançaram ofertas importantes.

De acordo com a mídia local, o Inter tentou recentemente contratar o atacante Luis Suárez, grande amigo de Messi e ex-companheiro de Barcelona, mas o uruguaio acabou optando pelo Atlético de Madrid.

Apesar das contratações de Higuaín, Matuidi e do jogador da seleção mexicana Rodolfo Pizarro, o Inter foi eliminado na repescagem que classificam para os playoffs, em sua primeira temporada na MLS.

Outra opção para 'La Pulga' no campeonato norte-americano poderia ser o New York City, que pertence ao mesmo grupo empresarial do Manchester City (o City Football Group) e onde seu ex-companheiro de Barcelona, David Villa, já jogou.

Conforme relatado pela ESPN em agosto, o Manchester City estaria estudando oferecer a Messi um contrato de longo prazo, pelo qual ele jogaria três temporadas no clube inglês e encerraria sua carreira com mais dois anos no New York City.

gbv/gfe/aam