Missa? Após polícia em casa, Elba Ramalho é flagrada em evento: “Só de passagem”

Lucas Pasin
·2 minuto de leitura
Elba Ramalho em evento, sem máscara, em Trancoso (Foto: Reprodução/Instagram)
Elba Ramalho em evento, sem máscara, em Trancoso (Foto: Reprodução/Instagram)

Elba Ramalho, de 69 anos, está sendo 'cancelada' nas redes sociais. A cantora, que teve sua casa em Trancoso, na Bahia, como alvo da polícia por conta de uma festa para cerca de 500 pessoas, explicou que estava na missa no momento e que alugou o imóvel, não tendo relação com a aglomeração. No entanto, um vídeo circula na web e mostra a artista participando de um evento, sem máscara e com muitas pessoas - um dos convidados aparece com a máscara no queixo.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

O Yahoo! procurou o empresário de Elba, Rodrigo Farias, que explicou que as imagens que circulam na web são de um evento de inauguração de uma loja em Trancoso e que a cantora só esteve 'de passagem' pelo local: "Não é uma festa. Foi na inauguração de uma loja no dia anterior. Estava passando e foi cumprimentar a amiga."

Leia também

Questionado sobre a ausência de máscara de Elba - rodeada de outras pessoas também sem máscara de proteção - o empresário conta que a cantora já teve covid-19 (lembramos aqui que o uso da máscara é obrigatório para todos e em todas as circunstâncias) e diz: "Ela estava numa inauguração onde estava montado um buffet".

Evento com Elba Ramalho tem cantor e aglomeração (Foto: Reprodução/Instagram)
Evento com Elba Ramalho tem cantor e aglomeração (Foto: Reprodução/Instagram)

Rodrigo finaliza as perguntas argumentando que por enquanto não tem mais nada para falar sobre o assunto: "Manterei informado sobre as próximas medidas."

Na internet, o vídeo de Elba segue repercutindo. “Missa tá diferente né?”, escreveu um internauta. “Hipocrisia pura, né?”, disse outro.

Polícia na casa de Elba Ramalho

Elba Ramalho usou seu IGTV nesta quarta-feira (30) para se posicionar sobre a festa para mais de 500 pessoas que ocorreu em sua casa em Trancoso, na Bahia. A atriz explicou que a casa está alugada para turistas, e que deixou claro que festas grandes na residência eram proibidas.

"A casa foi alugada do dia 25 de dezembro ao dia 4 de janeiro, como todos os anos eu faço. Esse é um período em que alugo outra casa ou fico numa pousada porque venho mesmo para descansar. A casa está nas mãos de outras pessoas, que vão responder. A responsabilidade é delas, não é minha", disse.

A festa foi interrompida com a chegada da Polícia Militar, seguindo a decisão do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) de que festas estão proibidas no território de Porto Seguro. A cantora explicou que estava na missa quando recebeu a denúncia, e que é totalmente contra aglomerações.