Miranda crava: "Não me vejo fora da Seleção Brasileira"

Yahoo Esportes
Miranda, na comemoração do título da Copa América pela Seleção Brasileira. Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press
Miranda, na comemoração do título da Copa América pela Seleção Brasileira. Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

Miranda fará 35 anos em setembro. Ainda assim, o zagueiro se vê preparado para o ciclo da Seleção Brasileira até a Copa do Mundo do Catar.

Em entrevista exclusiva ao blog, Miranda acredita que está jogando em alto nível e pronto para permanecer entre os convocados. Na Copa América, foi reserva de Marquinhos e Thiago Silva e jogou poucos minutos contra a Argentina. Ele vai definir seu futuro nos próximos dias.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também

Você está com 34 anos e se vê no ciclo para a Copa do Catar?

Bom, eu vejo que independentemente de idade, jogador que merecer estar na Seleção Brasileira, tem que estar, pela qualidade técnica, física, por todo o suporte que a Seleção precisa. A gente não pode estar aqui falando de idade porque a gente tem competições importantes pela frente. Tem que chegar e jogar quem estiver em melhores condições, jovem ou mais experiente.

Pessoalmente, você acredita que estará no ciclo?

Fisicamente e tecnicamente, sim. Eu não me vejo fora da Seleção Brasileira até porquê estou demonstrando alto nível. Independentemente dos minutos que eu joguei, entrei num momento importante, consegui dar minha contribuição para a Seleção.

Novidades sobre teu futuro?

Procurei desligar meu telefone para focar na Seleção. Agora, vou começar a analisar propostas e ver o que vai acontecer nos próximos dias.

Quanto valeu essa Copa América?

Para mim, muito. Depois da derrota na Rússia, uma competição como essa é importante para nos trazer confiança. Fomos felizes, conseguimos dar alegrias para nossa torcida. Era tudo que a gente buscava nesta competição.

Miranda tem contrato com a Inter de Milão até dezembro de 2020, mas a tendência é de que saia do clube, acertando com outra equipe.

Siga o Yahoo Esportes: Twitter | Instagram | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter

Leia também