Mir: rivalidade contribui para sucesso da Suzuki na MotoGP 2020

Lewis Duncan
·2 minuto de leitura

foi "parte do sucesso" da Suzuki em 2020.

.

O espanhol está na Suzuki desde 2017 e ajudou a orientar o desenvolvimento da GSX-RR.

Leia também:

Quartararo: "Não me sinto confortável na Yamaha desde Le Mans" Mir diz que corrida que lhe rendeu o título da temporada da MotoGP foi um “pesadelo” MotoGP: Morbidelli diz que Senna "é uma lenda" e que "não pode se comparar"

no último domingo se devia seu título em parte ao companheiro de equipe, Mir respondeu: "Claro. Ele faz parte da equipe. Ele, Sylvain [Guintoli, piloto de teste], [Andrea] Iannone em sua época ( 2017-2018), que deu boas informações.

"Assim como os dois primeiros pilotos da Suzuki, Maverick [Vinales] e Aleix [Espargaro]. Estes pilotos e o trabalho da Suzuki a cada ano tornaram a moto cada vez melhor e fizeram a diferença.”

“Alex foi quem deu mais informações. Ele sempre foi um companheiro de equipe muito bom. E com certeza foi meu maior rival. No ano passado, assim como em 2020, eu sempre quis ficar na frente dele e ele também [queria me vencer].

Mir é o primeiro campeão mundial da Suzuki em 20 anos e se junta a uma lista com Barry Sheen, Marco Lucchinelli, Franco Uncini, Kevin Schwantz e Kenny Roberts Jr como os únicos pilotos na categoria elite a ganhar o título para a marca japonesa.

A MotoGP encerra sua temporada com o GP de Portugal, neste fim de semana. Rins está em terceiro na classificação e a apenas quatro pontos do segundo lugar, que atualmente é ocupado pelo vencedor do GP de Valência, Franco Morbidelli.

Veja como a sujeira do GP da Turquia revelou os 'segredos' aerodinâmicos dos carros da Fórmula 1

Podcast #076 – Hamilton x Schumacher: a comparação entre os campeões da F1

Your browser does not support the audio element.