Após troca de farpas, Romário ironiza erro de português de ministro da Educação: 'Toma vergonha na cara'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Após declarar que crianças com deficiência 'atrapalham' o aprendizado de colegas de classe, o ministro da Educação foi veementemente rebatido por Romário, que tem uma filha com síndrome de down. Em uma rede social, o ex-jogador chamou Milton Ribeiro de 'imbecil' e 'completo idiota'. Diante da repercussão negativa, o doutor em educação se pronunciou sobre o caso, e afirmou que o parlamentar distorceu o sentido de sua fala.
+ Confira a classificação do Brasileirão

- Senhor senador Romário, é muito deselegante quando um representante do parlamento se dirige desta maneira a um Ministro de Estado, ainda mais com uma frase tirada de contexto - escreveu Milton.

Contudo, a réplica do ministro contava com um erro de português, corrigido em seguida depois do próprio Romário provocá-lo pelo gafe.

- Senhor ministro Milton Ribeiro, deselegância, imbecilidade e idiotice é o que o senhor vem fazendo com a educação do nosso país. Toma vergonha na cara - rebateu Romário.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

ENTENDA O CASO

Milton Ribeiro coleciona declarações que viralizaram negativamente na internet. Primeiro, o ministro disse que e 'a universidade deveria, na verdade, ser para poucos, nesse sentido de ser útil à sociedade'. Ainda no tema educacional, o pastor também afirmou que um reitor de universidade pública não precisa ser bolsonarista, mas não pode ser esquerdista.

A polêmica envolvendo o chefe do Ministério da Educação e Romário se deve à entrevista do doutor no programa TV Brasil.

- Inclusivismo, que é o inclusivismo? A criança com deficiência era colocada dentro de uma sala de alunos sem deficiência. Ela não aprendia. Ela atrapalhava o aprendizado dos outros porque a professora não tinha equipe, não tinha conhecimento para poder dar a ela atenção especial - disse o ministro na última semana.

Nesta terça-feira (17), o tetracampeão publicou uma resposta e iniciou a troca de ofensas com Milton Ribeiro.

- Somente uma pessoa privada de inteligência, aqueles que chamamos de imbecil, podem soltar uma frase como essa. Eles existem aos montes, mas não esperamos que estes ocupem o lugar de ministro da Educação de um país. A atividade de educar salva vidas, transforma pessoas e nações, impulsiona a economia, elimina barreiras e transforma o mundo em um lugar melhor. Homens e mulheres que ocupam posições de gestão pública devem trabalhar incansavelmente para que essa magia que a educação gera possa acontecer - disse em parte do texto.

CONFIRA O TEXTO NA ÍNTEGRA

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos