Ministério da Saúde desmente publicação falsa com ofensa a Bolsonaro

Yahoo Notícias
Ministério da Saúde desmente suposta publicação com ofensa a Bolsonaro - Foto: Reprodução/Twitter
Ministério da Saúde desmente suposta publicação com ofensa a Bolsonaro - Foto: Reprodução/Twitter

O Ministério da Saúde usou, na tarde desta quarta-feira (25), sua conta oficial no Twitter para desmentir a autoria de uma publicação em que ofendia o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

“Esse velho a********* só pode estar de sacanagem com a minha cara”, diz o texto da mensagem que está circulando nas redes sociais e que vinha sendo atribuído ao perfil oficial do Ministério.

Leia também

Para demonstrar que a mensagem é falsa, a pasta pediu atenção ao horário que consta na imagem.

“O Ministério da Saúde esclarece que a imagem divulgada nas redes sociais é falsa. O tuíte não feito e nem foi publicado na conta oficial da Pasta. Além disso, é possível ver na imagem, que o horário da publicação é 7h27PM, ou seja, referente a noite desta quarta-feira (25 de março)". A publicação do esclarecimento foi publicada às 14h18, portanto, pouco mais de cinco horas antes do horário que consta na imagem falsa.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

A mensagem vendo sendo compartilhada depois que o presidente Jair Bolsonaro realizou um pronunciamento que gerou repercussão muito negativa, contrariando indicações do próprio Ministério da Saúde.

Em sua fala, o presidente voltou a chamar o novo coronavírus de “gripezinha” e pediu que o isolamento social imposto a algumas cidades brasileira seja encerrado em prol da economia. Além disso, Bolsonaro questionou o fechamento de escolas em diversas cidades no país.

Nesta quarta-feira, o diretor-geral da OMS condenou as falas do presidente e lembrou que muitos hospitais estão lotados de doentes ao redor do mundo, o que prova a gravidade da pandemia minimizada por Bolsonaro.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também