Ministério do Trabalho alemão apoia plano de retomada da Bundesliga

AFP
O futebol alemão está cada vez mais perto de ser retomado
O futebol alemão está cada vez mais perto de ser retomado

O futebol alemão superou outra etapa em seu caminho rumo à possível retomada da Bundesliga a partir de maio, após conseguir o aval do Ministério do Trabalho, que nesta quarta-feira (29) classificou de "aceitável em termos de saúde e segurança" o projeto da Liga alemã.

"A segurança dos jogadores, dos técnicos e da comissão técnica pode ser amplamente garantida se o conceito for executado plenamente", declarou Björn Böhning, secretário de Estado do Ministério do Trabalho, nesta quarta-feira ao grupo midiático RDN.

A Liga Alemã de Futebol (DFL) elaborou planos detalhes para um reinício da Bundesliga a partir de 9 de maio. O campeonato foi suspenso em meados de março devido à pandemia do coronavírus.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O projeto contempla a volta da competição com partidas com portões fechados, testes de detecção regulares nos jogadores e medidas de higiene severas, além de distanciamento social na medida do possível.

O plano da DFL "reduz os riscos e, consequentemente, é aceitável em termos de saúde e segurança no trabalho", completou Böhring.

Este novo apoio chega após a aprovação do projeto da DFL pelas autoridades esportivas dos 16 'Länder' (regiões da Alemanha).

A decisão final pertence ao governo da chanceler alemã, Angela Merkel, que deve se reunir nesta quinta-feira (30) em videoconferência com os responsáveis dos estados regionais.

Vários clubes alemães estão ameaçados economicamente e desejam concluir a temporada até 30 de junho para receber o pagamento integral dos direitos de transmissão.

O presidente do Borussia Dortmund, Hans-Joachim Watzke, declarou na terça-feira (28) à emissora pública ZDF que os clubes alemães correm o risco de perder 750 milhões de euros caso a temporada não seja concluída.

Leia também