Minhas desculpas, Felipão!

Yahoo Esportes
Felipão pode conquistar mais dois títulos pelo Palmeiras. Foto: Gazeta Press
Felipão pode conquistar mais dois títulos pelo Palmeiras. Foto: Gazeta Press

Luiz Felipe Scolari voltou para o Palmeiras, cheio de desconfianças. A principal era sobre a capacidade tática do treinador, depois de um período longe dos principais cenários do futebol. Carimbado e rotulado como ultrapassado, após o 7 a 1 para a Alemanha, Felipão parece renascer no comando palmeirense, com 26 pontos conquistados em 30 disputados, no segundo turno do Brasileiro. Aproveitamento de mais de 80%. São 13 jogos de invencibilidade, desde que ele reestreou, além de ter levado o time às semifinais da Libertadores da América. Será que já cabe um pedido de desculpas a Felipão?

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

Eu fui bem cético, quando Felipão foi anunciado como treinador do Palmeiras. Achava que era um pensamento mágico, apenas pelo retrospecto vencedor. Os três anos vitoriosos na China representaram muito pouco, em relação aos fracassos com o próprio Palmeiras, Seleção Brasileira e Grêmio. A segunda passagem pelo Verdão trouxe o segundo título de Copa do Brasil, mas deixou o time empacotado para o segundo rebaixamento na Série A. O vexame marcou a todos, muito mais do que a conquista. No Grêmio, retomou sua função a pedido do grande amigo Fábio Koff, presidente do clube na ocasião, logo depois do massacre para a Alemanha, na Copa do Mundo. No tricolor, não conseguiu bons resultados e saiu na segunda rodada do Brasileiro, em 2015.

Dito isso, a verdade é que Felipão parece renovado e remotivado no Palmeiras. Todos, eu disse todos os profissionais ressaltam a mudança no ambiente e o tratamento igualitário no vestiário, para justificarem a ascensão da equipe. E isso é fato. A rodagem no elenco e a boa conversa, determinaram o crescimento do Palmeiras. O grupo de jogadores é qualificado, era preciso um líder maior, capaz de aglutinar e espantar a vaidade, algo presente e corriqueiro nos grandes clubes.

É verdade que o Palmeiras ainda não ganhou nada, mas que Felipão está próximo de conseguir seu primeiro título brasileiro nos pontos corridos, isso é real, apesar de Inter e Flamengo. E um troféu desse tamanho, mesmo que não vença a Libertadores, fará com que Felipão retome o respeito por seus tempos de glória.

Eu já peço desculpas por ter duvidado da sua capacidade, mesmo que perca os dois torneios.

Leia mais:
– Corinthians ou Cruzeiro? Carille opina sobre final
– ‘Messi é um animal competitivo’, diz Guardiola
– Cuellar ganha festa surpresa e colegas de Fla tiram sarro


Leia também