Mina não condena Alex Silva por rasgar a própria camisa: 'Vale tudo'

Zagueiro brasileiro do Jorge Wilstermann rasgou o próprio uniforme para não ser expulso após se desentender com Mina. Colombiano disse que também usou a malandragem

Alex Silva, zagueiro brasileiro do Jorge Wilstermann (BOL), causou polêmica ao revelar que rasgou a própria camisa após se desentender com Yerry Mina para tentar "incriminar" o zagueiro do Palmeiras diante do juiz. O colombiano, no entanto, não se importou muito e lembrou que também usou a malandragem.

- É válido, tudo no jogo é válido. Ele veio na minha frente e eu fui ao chão também, então tudo vale. Eles vieram, fizeram um grande jogo. Foi muito difícil, esses caras correram muito, ficaram muito atrás. Foi muito difícil fazer gol - disse.

​A confusão aconteceu antes da cobrança de um escanteio. O árbitro já havia advertido a dupla, mas Alex Silva puxou a camisa de Mina após a batida e os dois se encararam na sequência. Mina se jogou com as mãos no rosto e os dois foram advertidos com amarelo.

- É Jogo de Libertadores, é agarra-agarra. Ficamos testa com testa ali, ele (Mina) tentou dar uma catimbada do lado dele, eu catimbei do meu. Rasguei minha própria camisa para não ser expulso (risos) - contou Alex Silva, que se destacou no Brasil jogando pelo São Paulo.





E MAIS: