Milton Neves lembra 7 a 1, diz que Felipão 'sofre' ao seguir trabalhando e aconselha: 'É sempre melhor parar no auge'

·1 minuto de leitura


O jornalista da Band Milton Neves resolveu aconselhar Felipão, técnico do Grêmio, após o vexame do time gaúcho diante do Flamengo, dentro de casa, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Em seu blog no 'Uol Esportes', o veterano apresentador afirmou que sofre do mesmo mal que o pentacampeão mundial com a Seleção: não aceitar o fim da carreira.

+ Veja o chaveamento da Copa do Brasil!

O jornalista ainda lembrou do 7 a 1, outro resultado negativo extremamente marcante na carreira do técnico, que rendeu uma 'treta federal', inclusive, com Galvão Bueno, que disse recentemente que o treinador parou de falar com ele ao não aceitar ser cobrado pelo vexame na Copa de 2014.

- "É sempre melhor parar no auge", aconselhou alguém muito tempo atrás em livros perdidos mundo afora - iniciou Milton, concordando com a frase.

- Tem gente que não consegue viver sem exercer a sua função. E me solidarizo com Felipão, por termos a mesma idade e por sofrermos pela avalanche de novos talentos que surgem diariamente em nossas áreas. Não bastasse os 7 a 1 de 2014, que aconteceram totalmente por culpa dele, o treinador insiste em pagar micos por aí - destacou Milton Neves.

Milton Neves dá o resultado como definitivo na Copa do Brasil e diz que Felipão agora tem a obrigação de evitar o rebaixamento do Grêmio, que segue na zona perigosa do Brasileirão.

Após a partida Felipão admitiu que a equipe foi derrotada por culpa dele, versão vista também nas redes sociais, já que muitos torcedores concordaram com a opinião do treinador.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos