Milton Mendes garante que Vasco já conseguiu 'coisas bonitas'

David Nascimento

Milton Mendes, em pouco mais de um mês no cargo de técnico do Vasco, elevou um pouco o nível da equipe em comparação ao que existia com o antecessor Cristovão Borges. Mesmo com os problemas e a eliminação no Carioca, o comandante garantiu que o Cruz-Maltino conseguiu coisas bonitas no período.

- Já conseguimos coisas bonitas. Fomos campeões da Taça Rio, não podemos esquecer, há uma semana. É muito importante sempre termos o equilíbrio, tanto na vitória quanto na derrota. E ter sempre cuidado de não expor ninguém. Vocês me verão sempre equilibrado e buscando sempre não expor ninguém - afirmou.

Com o auxílio do Centro Avançado de Prevenção, Reabilitação e Rendimento Esportivo (Caprres), a preparação física será um foco de agora. Apesar do discurso público como o apresentado acima, correntes do Vasco, inclusive o próprio treinador, sabem que o time está bem aquém do que pode chegar.

> Confira lista do que o Vasco tem de trabalhar para melhorar:

- Preparação insuficiente
Apenas em quatro meses na temporada, o Vasco desperdiçou o tempo e foi eliminado precocemente das duas competições que então disputava: a Copa do Brasil e o Campeonato Carioca. A preparação acabou sendo mostrada como insuficiente, principalmente o período de pré-temporada nos Estados Unidos.

- Erros frequentes na bola aérea
Até agora nesta temporada, o Vasco vem errando muito na bola aérea. Este fundamento é um dos principais no futebol hoje em dia, o que atrapalha demais pelo fato de a defesa ficar parada e, consequentemente, os adversários chegarem com maior perigo e facilmente.

- Pikachu em clássicos?
Em crescente nas últimas semanas, Yago Pikachu, agora no meio de campo, vem sumindo em clássicos disputados pelo Vasco. Ele estava sendo considerado como uma peça fundamental na melhora da equipe desde que o técnico Milton Mendes assumiu o comando.

- Ritmo comprometido
O período de três semanas sem jogos até o início do Campeonato Brasileiro prejudicará ainda mais o ritmo, então comprometido, do Vasco neste primeiro semestre. Isto fará com que a equipe chegue atrasada em relação aos demais adversários no Nacional. Uma alternativa seria ajeitar amistosos neste período.

- Sem opções
O Vasco, claramente, precisa de reforços para a sequência da temporada, visando se firmar na elite do Campeonato Brasileiro. O banco de reservas não apresenta opções de variações táticas ao longo da partida, as quais possam surpreender o adversário. E não pode existir demora em contratar.















E MAIS: