Militão lamenta corte de Benzema e garante um Brasil forte na Copa do Mundo

Militão e Benzema durante partida do Real Madrid (Foto: James Williamson - AMA/Getty Images)
Militão e Benzema durante partida do Real Madrid (Foto: James Williamson - AMA/Getty Images)

Companheiro de Benzema no Real Madrid, o zagueiro Éder Militão lamentou o corte do atacante francês da Copa do Mundo, após sofrer uma lesão muscular na coxa esquerda. Militão demonstrou tristeza com a notícia e revelou que o melhor jogador do mundo estava muito motivado para disputar o Mundial.

- Eu não tive contato, mas o Vini falou com ele. O Benzema disse que sentiu um incômodo e é ruim vê uma pessoa assim, o melhor atacante do mundo, um companheiro de equipe, que mais uma vez não vai jogar uma Copa do Mundo. Fico triste por ele, porque queria muito jogar. Desejo uma boa recuperação e nos vemos em Madri.

Leia também:

Sobre o Brasil, que estreia na Copa do Mundo na quinta-feira, às 16h, contra a Sérvia, Éder Militão esbanjou confiança de que o time sairá com o resultado positivo.

- A gente sabe que a Sérvia tem uma ótima seleção. A gente vem se preparando atento a tudo que o professor passa para a gente. Vamos chegar muito bem, pelo trabalho e pelos anos que a gente vem construindo esse conjunto. Acho que vamos chegar muito bem.

Éder Militão é tratado como um reserva de luxo para a zaga e pode jogar também na lateral-direita. Quanto à escalação, o zagueiro despistou, mas se colocou à disposição para ser titular.

- Não tem nada definido ainda. Eu venho muito bem, me sinto preparado. Agora é esperar a oportunidade e fazer bem.

Além da Sérvia, o Brasil encara no Grupo G a Suíça e Camarões. A Seleção Brasileira volta a treinar nesta segunda-feira, às 10h30 (horário de Brasília).