Milan vence Torino nos pênaltis e avança às quartas de final da Copa da Itália

·1 minuto de leitura
O meia turco do Milan Hakan Calhanoglu (3º à dir.) é abraçado pelos companheiros após marcar o pênalti vitorioso (0-0, 5-4) contra o Torino, nas oitavas de final da Copa da Itália, no dia 12 de janeiro de 2021, em Milão

O Milan se classificou para as quartas de final da Copa da Itália ao vencer o Torino na disputa de pênaltis desta terça-feira, após encerrar o tempo regulamentar de 90 minutos e a prorrogação com 0-0 placar.

Apesar do retorno de seu craque Zlatan Ibrahimovic como referência no ataque, o time comandado por Stefano Pioli, que venceu por 2 a 0 o mesmo adversário três dias atrás no campeonato, não conseguiu marcar um gol.

O herói da noite foi o seu segundo goleiro, o romeno Ciprian Tatarusanu, que defendeu o pênalti do venezuelano Tomás Rincón.

Lesionado na coxa em um jogo em Napoli no dia 22 de novembro, Ibrahimovic recuperou sua posição inicial depois de seus primeiros minutos no domingo, mas desta vez não intimidou a defesa do 'Toro'. No intervalo, ele foi substituído por Hakan Calhanoglu.

No segundo tempo, houve a expulsão do goleiro que costuma ser titular no Milan, Gianluigi Donnarumma, que recebeu um cartão vermelho aos 71 minutos, quando estava no banco.

O jogador da seleção italiana havia protestado contra a decisão do árbitro de não marcar um pênalti, após uma entrada do goleiro sérvio Vanja Milinković-Savić sobre o português Rafael Leão.

Mas o veterano Tatarusanu mostrou que é mais do que um reserva ao garantir a classificação de sua equipe, que enfrentou u, time bem posicionado e que não conseguiu aproveitar as suas poucas chances (58, 87, 99 e 117).

O Milan vai jogar as quartas de final contra o vencedor do duelo Inter-Fiorentina, que acontece nesta quarta-feira.

pra/pm/mcd/aam