Milan homenageia Franco Baresi, ídolo do clube, que completa 60 anos


Na última sexta, o Milan fez uma homenagem a uma das maiores lendas do clube: Franco Baresi. O ex-zagueiro completou 60 anos e a diretoria rossonera divulgou um vídeo em seu site, de aproximadamente 10 minutos, com imagens da carreira do jogador e uma entrevista especial sobre o aniversário do seu eterno camisa 6.

Neste sentido, Baresi permaneceu no Milan por 20 anos como jogador e se tornou uma lenda, sendo considerado um dos maiores zagueiros do século XX. Ao longo da carreira, foram 719 partidas e 33 gols, sempre defendendo as cores rubro-negras. Quando pendurou as chuteiras, em 1997, o clube aposentou a camisa 6 e 70 mil pessoas estiveram presentes no San Siro.

Atualmente, o ex-jogador trabalha no clube e assim como Paolo Maldini, tem uma forte identificação com a camisa rubro-negro do time de Milão. Durante o vídeo, o 'Rossoneri do Século' se emocionou, contou um pouco da sua brilhante carreira e se declarou ao clube italiano.

- O Milan me deu tudo. Emocionado, orgulhoso e quero agradecer e abraçar todo o povo rossonero - afirmou Baresi.






Durante vinte anos, o ex-jogador, conquistou seis títulos do Campeonato Italiano, quatro Supercopas da Itália, três Liga dos Campeões, assim como duas Copas Intercontinentais e três Supertaças Europeias.

Com a camisa do Milan, o craque também foi vice do Mundial de Clubes em duas oportunidades, em 1993 e 1994. Em 93, aliás, perdeu para o São Paulo na final por 3 a 2 no Estádio Nacional de Tóquio, no Japão.

Além disso, defendeu as cores da seleção italiana nas Copas do Mundo de 1982,1990 e 1994. Em 1982, foi campeão do mundo, ainda na reserva do treinador Enzo Bearzot. Quatro anos mais tarde, ficou de fora do Mundial do México, em 1986, pois se recusou a atuar como volante.

Em 1994, por sua vez, foi vice-campeão com a Azurra, ao perder para o Brasil, nos pênaltis. Na ocasião, parou o craque Romário, com ótima atuação, mas desperdiçou uma das cobranças naquela decisão. Sua participação em Copas se resume em: um título, um vice e um terceiro lugar, sendo um dos únicos jogadores da história a ter esse desempenho.

Por fim, o ex-zagueiro ganhou diversos prêmios individuais como a Bola de Prata da revista France Football, em 1989, e de jogador do século do Milan, em 1999. O ex-companheiro de equipe, Paolo Maldini enviou uma menagem à Baresi.

- Querido Franco, feliz aniversário nos seus 60 anos, um feito impressionante. É incrível pensar em quanto tempo passou desde que nos encontramos pela primeira vez. Em todos esses anos, já lhe chamaram de muitas maneiras: Franz, Piscinin… Mas você sempre foi o Capitão para mim! Desde meu primeiro dia em Milanello, olhei para você como um exemplo que precisava seguir. Seu jeito de ser sempre me impressionou e me ensinou muito: gestos em vez de palavras! Grande Franco, um grande abraço e muitas felicidades, meu amigo - exaltou Maldini.










Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também