Milan está perto de ser comprado por fundo de investimentos do Bahrein, diz jornal

·1 min de leitura
Milan lidera o Italiano atualmente e pode voltar a ser protagonista em breve (Foto: MIGUEL MEDINA / AFP)


Buscando retomar o protagonismo de anos passados, o Milan está perto de ser negociado com um fundo de investimentos do Bahrein. De acordo com a imprensa italiana, o clube rubro-negro tem conversas avançadas com a Investcorp, que pode concluir a operação ao final da atual temporada.


Segundo o jornal "Gazzetta dello Sport", o grupo do Oriente Médio deverá investir 1 bilhão de euros (pouco mais de R$ 5 bilhões) para fechar o negócio. O aporte inicial será de 300 milhões de euros (R$ 1,5 bilhão) para contratações já na próxima janela de transferências.

+ Veja a tabela e os jogos da Lega Serie A

Atualmente, o Milan é controlado pelo grupo estadunidense Elliott Management, que detém 99,93% das ações do clube rubro-negro. Segundo a imprensa italiana, a direção de futebol da equipe deverá ser mantida com Paolo Maldini e Ricky Massara, dirigentes de momento.

+ Fernandinho vai voltar ao Brasil: veja por onde andam os jogadores da Copa de 2014

Ainda conforme a "Gazzetta dello Sport", a Investcorp deseja colocar o Milan novamente como uma das potências do futebol europeu e já planeja as primeiras contratações. Os primeiros nomes citados foram os de Sébastien Haller (Ajax), Christopher Nkunku (RB Leipzig), Nicolò Zaniolo (Roma) e Aurélien Tchouaméni (Monaco).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos