Mick Schumacher e Mazepin são confirmados como pilotos da Haas em 2022

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
O piloto alemão da Haas, Mick Schumacher, em uma sessão de qualificação para o Grande Prêmio da Itália de Fórmula 1, em 10 de setembro de 2021 em Monza (AFP/Miguel Medina)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O alemão Mick Schumacher e o russo Nikita Mazepin continuarão a pilotar pela Haas na Fórmula 1 em 2022, confirmou a equipe americana nesta quinta-feira, às vésperas do Grande Prêmio da Rússia.

Conforme o esperado, Mazepin, filho do patrocinador da Haas, Uralkali, e Schumacher, apoiado pela Ferrari, que fornece motores à equipe, correrão com a Haas pelo segundo ano consecutivo.

Os dois pilotos de 22 anos fizeram sua estreia na principal categoria do automobilismo no início da temporada de 2021.

Entre os pilotos titulares, são os únicos que não pontuaram, enquanto esperam ter um carro mais competitivo.

"Acreditamos que seremos capazes de progredir como equipe e oferecer a Mick e Nikita um carro competente para passar pela próxima fase de sua carreira na Fórmula 1", prometeu seu chefe de equipe, Guenther Steiner.

"Este primeiro ano com a Haas é emocionante e instrutivo e tenho certeza de que poderei contribuir com toda a experiência que adquiri durante o próximo ano", reagiu o filho de Michael Schumacher.

Com este anúncio, o grid da próxima temporada está quase completo. Resta saber a identidade do parceiro do finlandês Valtteri Bottas na Alfa Romeo.

pel/mdm/iga/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos