Miami Heat vai negociar jogador da NBA suspenso por insulto antissemita

·1 minuto de leitura
Meyers Leonard, do Miami Heat, em um aquecimento antes do jogo contra o Washington Wizards em 9 de janeiro de 2021

O Miami Heat está finalizando a transferência para o Oklahoma City Thunder do pivô Meyers Leonard, que foi suspenso e multado na semana passada por proferir um insulto antissemita, informou a mídia dos Estados Unidos nesta quarta-feira.

Se a operação for aprovada, o Heat enviará Leonard e uma segunda rodada do Draft de 2027 para Oklahoma City em troca do veterano Trevor Ariza, informou a ESPN.

O Thunder, no entanto, não tem intenção de contar com Leonard, cujo contrato seria encerrado no final desta temporada, na qual não pode jogar devido a uma lesão no ombro.

Leonard "concordou em facilitar o negócio como um gesto de boa fé para a organização dos Heat", observou a ESPN.

Uma semana atrás, Leonard foi multado em 50.000 dólares pela NBA e removido do Heat por uma semana, por proferir um insulto antissemita durante uma transmissão de videogame ao vivo na plataforma Twitch.

O pivô reserva de 29 anos pediu desculpas pelo incidente e renunciou à cláusula em seu contrato que o protegia de uma transferência não consensual.

Os Thunder aceitam assumir o contrato de Leonard nesta temporada e contar com uma segunda rodada do Draft para se somar às trinta escolhas que já possuem até 2027, nas quais esperam basear sua reconstrução esportiva.

Em troca, Oklahoma City envia ao Miami o jogador Ariza, um renomado especialista em arremesso e defesa, que não joga desde março de 2019, quando atuava pelo Sacramento Kings.

Ariza, de 35 anos, veio para o Thunder no início desta temporada depois de ser incluído em três negociações em uma mesma semana.

gbv/ma/aam