Messias lamenta empate em casa, mas avisa: “Estamos vivos”

O zagueiro Messias, além da boa atuação defensiva na tarde deste domingo, foi o responsável pelo único gol do América-MG na partida diante do Cruzeiro, no Independência, válida pela primeira semifinal do Campeonato Mineiro. Contente pela performance, o jogador só lamentou o empate por 1 a 1, que mantém a vantagem com o rival para a volta, na semana que vem.

“A gente mereceu e trabalhou pela vitória, infelizmente ela não veio”, afirmou o defensor, que abriu o placar aos 16 minutos da etapa final, após escanteio cobrado por Gerson Magrão, empurrando a bola para rede ao ganhar disputa com o volante Ariel Cabral.

“Estamos vivos, é trabalhar durante a semana forte, como a gente está trabalhando, para se Deus quiser vencer e ir pra final. Vamos ter que trabalhar com mais intensidade ainda. Hoje (domingo) trabalhamos com muita intensidade, vamos trabalhar ainda com mais intensidade no próximo jogo”, prometeu o defensor.

Outro atleta que ajudou bastante a equipe tanto na marcação quanto na criação, o atacante Hugo Almeida deixou claro que esperava ao menos sair com a vitória de campo, para poder jogar pelo empate no segundo jogo, mas valorizou o desempenho dos americanos.

“A gente fica triste com o resultado. Na minha opinião a nossa equipe jogou melhor, criou as melhores oportunidades. Agora é trabalhar, não tem nada definido. Domingo que vem que será resolvido”, concluiu o centroavante do Coelho.