Messi, Xavi e Iniesta sortudos e Guardiola decisivo: aquele Barcelona 'visto de dentro'

Goal.com

Ao olhar em retrospecto na carreira de nomes importantes do Barcelona como Messi, Xavi e Iniesta parece até um erro dizer que eles são homens de sorte, mas na verdade é exatamente essa a opinião de Jordi Vinyals, antigo treinador da base do clube catalão. A "sorte" desses atletas não quer dizer falta de talento, mas, sim, foram sortudos por estarem na época certa, com o treinador certo: Pep Guardiola.

"Xavi, Iniesta e Messi eram, com certeza, fantasticamente talentosos. Mas eles foram sortudos também, já que eles não receberam apenas algumas chances na equipe. Eles foram inseridos no time principal aos poucos, mas constantemente. Eles não eram titulares logo de cara", falou Vinyals à Goal e ao SPOX.

O técnico explicou o motivo de classificá-los como "sortudos".

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

"Eles tinham treinadores que confiavam neles. Mas aí um dia aparece alguém que entendeu perfeitamente o que era preciso para integrar esses jogadores da base. Ele teve coragem de tomar decisões desconfortáveis e sacrificar grandes nomes para dar o protagonismo para os jogadores jovens", disse Vinyals, se referindo a Pep Guardiola.

A época de transição do Barça para o comando de Guardiola deixou algumas dúvidas latentes no começo, já que o catalão deixou de lado nomes consagrados como Ronaldinho Gaúcho e Yaya Touré. Mas em pouco tempo, os resultados da filosofia e do jogo começaram a aparecer.

Durante sua passagem como técnico pelo Camp Nou, Guardiola implantou uma nova filosofia ao Barça. Como resultado a equipe conquistou 14 títulos em quatro anos, gerando um domínio poucas vezes visto no futebol. Por isso, Vinyals acredita que Guardiola foi o "ponto de virada" na história do clube catalão.

"Você pode dizer que Guardiola foi o ponto de virada na história do clube. Isso foi pela integração de La Masia e também pela forma como o futebol era jogado e os adversários eram dominados. Isso fez o trabalho dos técnicos da base mais fácil, também", contou o ex-Barça.

Leia também