Messi recorre contra suspensão nas Eliminatórias Sul-Americanas

Lionel Messi recebeu suspensão de quatro partidas, por insultar o assistente brasileiro Emerson Augusto de Carvalho, na vitória da Argentina sobre o Chile por 1 a 0, em 23 de março. Por já ter cumprido um jogo, contra a Bolívia, restam três.

O advogado da seleção, Juan de Crespo Deus, próximo da data-limite, confirmou nesta sexta-feira (7) que enviou o recurso para tentar reduzir a punição aplicada ao craque nas Eliminatórias Sul-Americans para a Copa de 2018. O profissional aguarda que a resposta seja rápida.

"A Federação da Argentina enviou à Fifa, nesta sexta-feira (7), a apelação para a punição", disse De Crespo ao site Infobae.

Lionel Messi Argentina
(Foto: Getty Images)

VEJA TAMBÉM:
Guardiola em situação "incomum" | Griezmann nega rumores | O trio MSN é o melhor?

"São situações internas na Fifa. Espero que venha logo. Sem dúvida, ajuda muito que a próxima partida da seleção é apenas em agosto. Então são cerca de cinco meses", afirmou ele.

Os números de Messi nas Eliminatórias:

Caso a suspensão seja mantida, Messi só jogaria na última rodada das Eliminatórias, quando a Albiceleste enfrenta o Equador, fora de casa. Os argentinos estão em quinto lugar, com 22 pontos, posição que faria a equipe ir para a repescagem contra o representante da Oceania.