Messi pode decidir mais pelo Barcelona? Setién monta plano para isso

Stats Perform News

O Barcelona tem um importante jogo chegando. O time blaugrana enfrenta o Napoli na tentativa de avançar na Champions League, o único troféu que o clube pode ganhar nessa temporada. Para isso, Lionel Messi deve ser uma peça-chave. Dessa forma, o treinador Quique Setién quer que o craque argentino volte a ser mais decisivo. De acordo com o Mundo Deportivo, o técnico tem um plano para possibilitar que Messi volte a ter ainda mais importância dentro de campo.

Setién entende que Messi tem se desgastado além do necessário quando volta para buscar a bola e ajudar no começo das jogadas na faixa central do campo. O treinador acredita que o camisa 10 pode canalizar sua energia para momentos e movimentos mais específicos entre as quatro linhas. Por isso, ele quer que Messi atue em uma faixa mais avançada do campo, a cerca de 20 a 25 metros do gol.

Para isso, é necessário que os meio-campistas ajudem a fazer a bola chegar até o camisa 10 e capitão do time culé. Uma das esperanças para que isso aconteça está na chegada de Miralem Pjanic, que ainda veste a camisa da Juventus, mas já está acertado para se mudar para o Camp Nou na próxima temporada.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Messi começou a carreira mais como um ponta-direita e conforme mudaram os treinadores, ele foi mais para o centro. O grande ponto de mudança na carreira do argentino se deu com Pep Guardiola, que o visualizou e o usou como um "falso nove".

Já com 33 anos, Messi já escuta conselhos para economizar seus esforços e aplicá-los em ações mais certeiras. Dessa forma, Setién visa diminuir a influência do camisa 10 no meio de campo e colocar meias com maior participação na construção das jogadas e na ligação para o ataque. 

O Barça enfrenta o Napoli no dia 8 de agosto, pelas oitavas de final da Champions League. Talvez já seja possível ver uma nova função e um novo papel dado a Messi nessa partida decisiva. O jogo de ida, na Itália, acabou 1 a 1 e essa é a única chance que Setién e todo o grupo barcelonista tem de conquistar algum título nessa temporada atípica do Barça.

Leia também