Messi não foi mais o mesmo após saída de Guardiola do Barcelona, diz técnico do Ajax

Goal.com

A combinação entre Pep Guardiola e Leo Messi rendeu aos dois os melhores momentos de suas carreiras. E para o treinador do Ajax, Erik ten Hag, o craque argentino nunca mais foi tão bom depois da saída do treinador espanhol, em 2012.

"Messi era um dos líderes, mas ele também trabalhou em equipe, que se destacou com resultados. Ele nunca foi tão bom quanto sob Guardiola", analisou Ten Hag ao Voeltbal Internacional. "Messi ainda se destaca, mas agora é ocasionalmente que ele ultrapassada sua normalidade".

Guardiola assumiu o Barcelona em 2008 e, durante quatro temporadas, comandou os catalães na conquista de duas Ligas dos Campeões, três LaLigas e duas Copas do Rei. Nesse período, o camisa 10 do clube venceu quatro Bolas de Ouros consecutivas, entre 2009 e 2012.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Na última temporada do espanhol no Camp Nou, 2011-12, Messi anotou incríveis 50 gols em 37 aparições no Campeonato Espanhol. Ele terminou o ano de 2012 com absurdos 91 gols, maior artilheiro de um ano na história do futebol.

"Barcelona não ganhou muito à nível europeu em anos recentes", disse Ten Hag. E é verdade. Desde a saída de Guardiola, o clube conquistou apenas uma Liga dos Campeões, embora tenha vencido cinco títulos de LaLiga neste período. Messi venceu a Bola de Ouro em outras duas oportunidades, incluindo no último ano.

É verdade também que Guardiola nunca mais conseguiu ter sucesso na Europa, seja no Bayern ou no Manchester City. No clube alemão, Ten Hag teve a oportunidade de trabalhar com Guardiola na campanha do título do time bávaro na temporada 2013-14.

O treinador do Ajax foi um dos responsáveis por levar o clube às semifinais da Liga dos Campeões de 2018-19, sendo eliminado nos últimos minutos pelo Tottenham. Desde então, seu nome é veiculado em grandes times de todo o continente.

Leia também