Messi marca duas vezes e Argentina vence Bolívia por 4 x 1

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Lionel Messi durante partida entre Argentina e Bolívia pela Copa América, em Cuiabá
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

CUIABÁ (Reuters) - Lionel Messi superou Javier Mascherano como o jogador que mais vezes vestiu a camisa da seleção da Argentina e marcou duas vezes na segunda-feira para ajudar a albiceleste a vencer a Bolívia por 4 x 1 na Copa América, resultado que levará a Argentina a um duelo contra o Equador nas quartas de final do torneio.

Messi esteve bem em sua 148ª partida pela seleção de seu país e foi com um passe sublime que ele deu a assistência para Alejandro Gomez abrir o placar aos cinco minutos.

Messi ampliou a vantagem de pênalti aos 30 minutos e fez 3 x 0 ainda no primeiro tempo quando recebeu bola lançada por Sergio Aguero e encobriu o goleiro Carlos Lampe.

A Bolívia, que havia perdido as 11 partidas que disputou anteriormente na Copa América, se complicou cada vez mais ao constantemente perder a posse de bola na defesa.

No entanto, eles melhoraram no segundo tempo e surpreenderam a Argentina aos 15 minutos da segunda etapa quando Erwin Saavedra aproveitou cruzamento da direita para reduzir a desvantagem para 3 x 1.

As poucas esperanças bolivianas de uma reviravolta foram completamente extintas quando Lautaro Martínez, que saíra do banco de reservas, restaurou a vantagem argentina de três gols cinco minutos depois, segundos após entrar no lugar de Aguero.

A vitória ampliou a série invicta da Argentina para 17 jogos. A última vez que a albiceleste perdeu foi na semifinal da Copa América de 2019 contra o Brasil.

(Reportagem de Andrew Downie em Londres)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos