Messi já tem decisão tomada sobre seu futuro na seleção argentina

Fábio Utz Iasnogrodski
90min

​Por enquanto, não se trata de um adeus, mas talvez de um até logo. Certo é que Lionel Messi resolveu “dar um tempo” da seleção argentina depois de novamente fracassar em sua quarta participação em Copas do Mundo.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

O jogador comunicou a parentes e amigos que não vai defender o seu país nos amistosos que ainda serão realizados em 2018. Por enquanto, o que ele quer é se dedicar ao máximo ao Barcelona e tentar quebrar uma rotina de títulos europeus por parte do rival Real Madrid. A ideia do jogador é ficar à disposição somente para a Copa América do ano que vem, que ocorrerá no Brasil. Assim, acompanhará à distância a definição do novo treinador da equipe albiceleste, uma vez que ninguém da Associação de Futebol da Argentina quer a manutenção de Jorge Sampaoli no cargo.

Leia mais

- Jogadores croatas somam mais de 70 títulos nos últimos anos

- Saiba a situação dos possíveis substitutos de CR7 no Real

- Galvão zoa Mick Jagger e Luciana Gimenez rebate

 

Embora a negativa de que o astro terá influência na escolha do comandante (a troca sequer foi oficializada), se sabe que ele foi consultado por dirigentes antes das últimas oficializações de treinadores. Aliás, Messi quer ver um pouco de organização na AFA. Se daqui a alguns meses ele perceber que a bagunça segue dentro da entidade que comanda o futebol de seu país, não se descarta que ele abandone de vez a sua trajetória à frente da bicampeã mundial.

 

 

 

 

Leia também