Messi já cedeu pênalti a Neymar quando disputava artilharia com C. Ronaldo

Emprestado ao Benfica, lateral brasileiro elogiou seus ex-companheiros de equipe

Neymar aprendeu uma lição neste domingo (17): o clima favorável que ele tinha no Barcelona não deve ser o mesmo no Paris Saint-Germain. Os desentendimentos com Cavani mostraram isso. Afinal, no time catalão isso nunca foi um problema.

Na verdade diversas vezes Lionel Messi abriu mão de cobrar faltas e pênaltis para dar oportunidades ao brasileiro. O caso mais marcante foi na temporada 2014/2015, quando o argentino disputava a artilharia do Campeonato Espanhol com Cristiano Ronaldo. Mesmo assim ele deu a bola para o brasileiro fazer a cobrança e o gol.

No PSG Cavani tinha se tornado o principal astro do time na temporada passada. Foi artilheiro e monopolizou as cobranças de pênaltis. Também cobrou a maioria das faltas. Agora ele mostrou que quer manter esse posto, o que pode gerar um entrevero com Neymar.

O técnico Unai Emery já tinha dito que ia resolver esse problema, antes da partida contra o Lyon, mas deu para perceber que ele não fez nada. Agora é ele quem precisa intervir para evitar que isso se torne um problema maior.