Messi 'influencer' supera Neymar e Cristiano Ronaldo e muda postura na Copa do Mundo


Em sua última Copa do Mundo, Lionel Messi vem fazendo história dentro e fora dos gramados. No campo, o camisa 10 da Argentina carrega a equipe do técnico Scaloni nas costas e já soma três gols e uma assistência. E esse bom momento é refletido nas redes sociais do craque, mas também no dia a dia da Albiceleste.

O grande protagonista da bicampeã mundial conquistou mais de sete milhões de seguidores no Instagram. Comparando com outros grandes astros presentes na competição, o jogador do Paris Saint-Germain ganhou mais fãs nas redes sociais do que Cristiano Ronaldo (6.419.817), Neymar (5.957.088) e Mbappé (1.634.384).

Desde o início da Copa do Mundo, Messi fez cinco publicações na rede, com exceção dos posts publicitários. No último clique postado no domingo, o craque aparece ao lado de Antonela, sua esposa, e expõe um pouco de sua vida pessoal, além de imagens dos jogos durante o torneio.

+ Argentina tem problema às vésperas das quartas de final da Copa do Mundo

O único período em que Messi, assim como todo o elenco, optou pela reclusão foi após a derrota diante da Arábia Saudita, na estreia do Mundial. Mas a cada vitória da Albiceleste sobre México, Polônia e Austrália, o principal nome da Scaloneta publicava uma série de fotos, geralmente acompanhadas por uma mensagem de liderança.

Essa liderança também é observada nas coletivas de imprensa e nas entrevistas realizadas após os jogos da Argentina. Aquele perfil introvertido que nos acostumamos em grande parte da carreira de Messi mudou. Ainda no Barcelona, o jogador precisou ser líder dentro de campo, mas dentro de um vestiário que viu as saídas de Xavi e Iniesta e uma renovação de elenco muito grande.

Na primeira coletiva de imprensa no Qatar, Messi colocou a cara a tapa na véspera do confronto contra a Arábia Saudita, desmentiu informações sobre uma possível lesão e demonstrou uma confiança muito grande em suas capacidades. E após a derrota, o jogador não se omitiu, afirmou que "não havia desculpas" e apostou em uma união do elenco para dar uma volta por cima.

Religiosamente a cada fim de jogo, o camisa 10 aparece para dar entrevistas. Seja após uma partida tensa, como foi com o México, seja ao fim de um jogo em que perdeu pênalti, como contra a Polônia, seja em sua melhor atuação na Copa do Mundo, na grande vitória diante da Austrália.

Esse é o Messi que os argentinos sempre pediram e que a Argentina precisava, principalmente em uma Copa do Mundo. Protagonista na competição, o camisa 10 chama a responsabilidade para si e atrai a atenção de um número cada vez maior de fãs que torcem para que o melhor jogador do século não encerre sua carreira sem o título mais importante do futebol.

Lionel Messi - Argentina
Lionel Messi - Argentina

Messi tem sido um dos protagonistas na Copa do Mundo 2022 (KIRILL KUDRYAVTSEV / AFP)