Messi iguala recorde de Pelé como maior artilheiro de seleções sul-americanas

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Lionel Messi comemora seu gol pela Argentina contra a Bolívia em 9 de setembro de 2021 em jogo das Eliminatorias da Copa do Mundo de 2022, em Buenos Aires (AFP/Juan Ignacio RONCORONI)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Com um golaço contra a Bolívia pelas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo do Catar-2022, o capitão da Argentina Lionel Messi igualou Pelé como artilheiro de uma seleção sul-americana, com 77 gols.

Messi fez 1 a 0 aos 14 minutos na partida da décima rodada das Eliminatórias, no Estádio Monumental, em Buenos Aires, que recebe público pela primeira vez desde o início da pandemia.

O craque argentino passou a bola or entre as pernas de um defensor boliviano e acertou um chute de média distância, sem chances para o goleiro Carlos Lampe.

O jogo contra a Bolívia significa o reencontro de seu ídolo com seus torcedores pela primeira vez após o título da Copa América em julho passado, no Maracanã, quando a Argentina venceu o Brasil por 1 a 0.

O artilheiro por seleções, de todos os tempos, é o astro português Cristiano Ronaldo, que na semana passada alcançou 111 gols depois de marcar uma dobradinha contra a Irlanda em um jogo das eliminatórias europeias.

Ele até então estava empatado com o ex-jogador iraniano Ali Daei, autor de 109 gols em 149 jogos entre 1992 e 2006.

bur-ol/ma/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos