Djoko precisa de 10 match points para vencer Coric e avançar em Monte Carlo

EFE

Redação Central, 18 jul (EFE).- O sérvio Novak Djokovic precisou de dez match points para conseguir superar nesta quarta-feira o croata Borna Coric, e avançar assim para a terceira rodada do Masters 1.000 de Monte Carlo.

O ex-número 1 do mundo e nono cabeça de chave do torneio levou a melhor sobre o adversário por 2 sets a 0, com parciais de 7-6 (2) e 7-5. 'Nole' precisou de duas horas e 15 minutos para conquistar a vitória.

Após eliminar o compatriota Dusan Lajovic, na estreia, o campeão em Monte Carlo em 2013 e 2015, teve muito trabalho, desperdiçando nove bolas para fechar o jogo, sete em um interminável décimo game, em que tinha o serviço e durou quase 12 minutos.

Depois disso, Djokovic teve serviço quebrado, mas logo conseguiu dar o troco em Coric, fazendo 6-5. Em seguida, o sérvio conseguiu encaminhar o jogo até o décimo match point, em que, enfim, fechou a partida.

Agora, o ex-número 1 terá pela frente o austríaco Dominic Thiem, quinto cabeça de chave da competição, que se classificou ontem, ao derrotar o russo Andrey Rublev por 2 sets a 1, com 5-7, 7-5 e 7-5. EFE

mlm/bg


Leia também